Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sexta-feira, Setembro 17, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém | Câmara investe 350 mil euros na expansão do Parque da Cidade

O município de Ourém adjudicou por cerca de 350 mil euros a empreitada da 1.ª fase de expansão do Parque da Cidade – António Teixeira, intervenção que vai durar 240 dias e que privilegia a requalificação da zona ribeirinha compreendida entre as Piscinas Municipais de Ourém e a Rua Marquês de Valença.

- Publicidade -

A empreitada foi adjudicada à empresa Major, Santos & Filhos, Lda., sediada em Espite, pelo valor de €349.265,36 (trezentos e quarenta e nove mil, duzentos e sessenta e cinco euros, e trinta e seis cêntimos), acrescido do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) à taxa legal em vigor.

Em nota de imprensa, a autarquia refere que os trabalhos “deverão avançar já no próximo mês de outubro”, sendo que o contrato de execução prevê que a obra esteja concluída em 240 dias, “por forma a que os oureenses possam desfrutar da ampliação deste espaço icónico da cidade de Ourém já no próximo verão”.

- Publicidade -

Aprovado na reunião da Câmara de 5 de novembro do ano passado, o projeto de execução da 1.ª fase de expansão do Parque da Cidade – António Teixeira privilegia a requalificação da zona ribeirinha compreendida entre as Piscinas Municipais de Ourém e a Rua Marquês de Valença.

A generalidade da intervenção prevista contempla as especialidades de arquitetura paisagística, fundações e estruturas, drenagem de águas residuais, rede elétrica e iluminação pública, além da limpeza, valorização e consolidação dos taludes da Ribeira de Seiça, assim como o prolongamento da rede de percursos e da estrutura verde.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome