Ourém | Bombeiros envolvidos em acidente no sábado já tiveram alta

Os cinco bombeiros de Ourém feridos num acidente no sábado, 18 de julho, na estrada de Alvega, quando acorriam a prestar socorro a um incêndio no Carregal, já tiveram alta. O elemento que ficou em estado mais grave esteve internado no hospital alguns dias para “estabilizar”, mas já se encontra a recuperar em casa.

PUB

A informação é avançada pela direção dos Bombeiros Voluntários de Ourém, sem adiantar pormenores. Cinco bombeiros ficaram feridos no sábado na estrada de Alvega, localidade entre Fátima e Ourém, após o despiste de uma viatura de combate a incêndios. Os cinco operacionais dos Bombeiros Voluntário de Ourém dirigiam-se para um incêndio na zona do Carregal quando o veículo se despistou e capotou. Um dos bombeiros ficou encarcerado, sendo o ferido que requeria maiores cuidados.

Logo no sábado um dos bombeiros teve alta, mas os restantes ficaram internados no hospital de Leiria a realizar exames de diagnóstico. Na terça-feira, dia 21, a corporação adiantava que apenas um dos bombeiros permanecia internado. Estava bem, salientava-se, mas aguardava “estabilização para poder ter alta”.

PUB

Na quinta-feira, dia 23, a direção emitiu uma nota de imprensa informando que todos os cinco bombeiros já se encontravam a recuperar em casa, agradecendo todas as mensagens de apoio.

No sábado o próprio Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ligou à corporação de bombeiros ouriense para se inteirar do estado de saúde dos cinco elementos envolvidos no acidente.

PUB
Cláudia Gameiro
Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).