Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Terça-feira, Agosto 3, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém: Assembleia unida pelos Colégios de Fátima

Quase todas as forças políticas da assembleia municipal de Ourém manifestaram-se sexta-feira, 29 de abril, em defesa dos colégios com contratos de associação, que dominam o panorama educativo do concelho de Ourém. Todas as propostas foram votadas em separado e aprovadas com maioria, com abstenção da CDU, com excepção do PS, aprovada por unanimidade.

“Não somos a favor nem da escola pública, nem da escola com contrato de associação, mas a favor da escola”, afirmou Cília Seixo (PS), apelando a que os contratos estabelecidos com os Colégios de Fátima sejam cumpridos. Propôs assim um voto de solidariedade para com toda a comunidade destas escolas e uma moção a favor dos colégios com contratos de associação.

O texto do PSD foi semelhante mas um pouco mais pessimista, defendendo que o fim dos contratos de associação pode ditar o fim destas escolas. Criticando a atitude do atual Governo, propôs um voto de protesto, a ser encaminhado para todas as entidades governativas e colégios de Fátima.

A palavra foi dada de seguida a João Felipe Oliveira (CDU), defendendo que a questão dos colégios de Fátima estava a ser encarada de forma “alarmista” pelos deputados. Já o CDS, pela voz de Nuno Prazeres, voltou a frisar a possibilidade de encerramento das escolas. “Este é um ataque de morte ao ensino particular e cooperativo”, sublinhou, estando em causa o destino de 3 mil alunos e cerca de 400 funcionários. Propôs assim um voto de solidariedade.

A fechar o ciclo de intervenções falou ainda o deputado António Gameiro (PS), que afirmou ter informação que Fátima estará entre as três zonas do país com escolas de ensino cooperativo a integrar um regime de excepção face às novas normas do Estado.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome