Sexta-feira, Fevereiro 26, 2021
- Publicidade -

“Os Esparteiros” dinamizam Mouriscas com matança do porco e outras recriações tradicionais

Fundado a 2 de janeiro de 1946, o Grupo Desportivo e Recreativo “Os Esparteiros” de Mouriscas, concelho de Abrantes, promove ao longo deste fim-de-semana uma recriação da tradicional matança do porco, tendo a adesão da população ao almoço suplantado as 120 pessoas, e as inscrições antecipadas para o jantar de mais logo e do almoço de amanhã assegurarem desde já mais umas enchentes no grande salão da coletividade.

- Publicidade -

“A adesão das pessoas tem sido excelente e agora já são elas que pedem e perguntam quando é a próxima matança, o almoço de lampreia, ou a prova de vinhos da terra”, disse ao mediotejo.net o presidente da direção do GDR Os Esparteiros, Paulo Lourenço, recentemente eleito para cumprir um segundo mandato de dois anos à frente da equipa diretiva da coletividade mourisquense.

ESPARTEIROS
Da esqª para a dirtª: Elisabete Madrinha (Beta), Manuel David, Paulo Lourenço (presidente), José Ruivo, Jerónimo Jorge, Manuel Fernando

- Publicidade -

“No primeiro mandato, o primeiro objetivo era trazer de volta as pessoas a esta coletividade. Começámos por organizar uns jantares temáticos em torno do rio ou de outros costumes de Mouriscas, provas de vinhos dos produtores locais, e também a recriação da matança do porco, tradição que tem caído em desuso. Isto tem feito com que as pessoas regressem à casa e revivam a sua infância e adolescência”, destacou.

ESPARTEIROS2
O mata bicho. Aguardente de figo e passas (figos secos) para compensar o esforço da manhã …

A tradição cumpriu-se hoje com alguns ajustes de legalidade comprovadas pelas autoridades que estiveram presentes, sendo o animal analisado e anestesiado antes da matança propriamente dita.

A cumprir 60 anos em atividade, e com cerca de 350 sócios com quotas em dia, a iniciativa vai decorrer durante os dois dias, na sua sede, englobando os passos tradicionais das famílias da terra, há várias décadas, e as três refeições típicas do sábado e do domingo.

ESPARTEIROS3
A adesão da população ao almoço suplantou as 120 pessoas, e as inscrições antecipadas para o jantar de mais logo e do almoço de amanhã assegurarem desde já mais umas enchentes no grande salão da coletividade.

A ação começou às 9 horas com a matança do porco, e às 13 horas foi servido o almoço, constituído pela Sopa de Massa com Feijão e Caldeirada de Bacalhau.

Às 16 horas atuou a Banda Filarmónica Mourisquense e, durante esta tarde, decorrerão outras atividades ligadas à tradição, como tratar dos enchidos. Para as 20 horas está marcado o jantar com Canja e Galinha Guisada.

Domingo pelas 9 da manhã começa a desmancha do porco e grelham-se as primeiras febras e entremeadas, sendo às 13 horas servido o almoço com Sopa de Osso do Peito e Cozido à Portuguesa. Tudo sob a batuta de Elisabete Madrinha (Beta), a chefe de equipa da cozinha.

ESPARTEIROS_COZINHA
Elisabete Madrinha (Beta), é a chefe de equipa da cozinha. Diz quem sabe que aprendeu com os melhores.

Paulo Lourenço disse ainda que “a aposta forte para o novo mandato é dinamizar e fomentar a prática da atividade desportiva na coletividade”, para além de apetrechar o espaço de cafetaria, para além de ser um espaço para o convívio e lazer, para os jogos de damas ou para assistir os jogos de futebol, ter um espaço de biblioteca com os jornais do dia que permita incutir hábitos de leitura nos associados e frequentadores da sede do GDR Os Esparteiros.

ESPARTEIROS_LOGO“Temos uma equipa dinâmica e unida, e fazemos isto porque somos de Mouriscas e gostamos da nossa terra, à qual queremos dar um pouco daquilo que recebemos quando éramos mais novos”, destacou Paulo Lourenço.

A nova equipa diretiva é composta por Paulo Lourenço como presidente da direção, secundado por José Ruivo (vice-presidente) e Manuel David (tesoureiro).

Elvira Valente (1º secretário), Bruno Marques (2º secretário), Manuel Lopes (Desporto), António Antunes (Obras), Jerónimo Jorge (Cultura), Carlos Serras (1º suplente), e Elisabete Madrinha (2º suplente) completam a equipa da direção do GDR Os Esparteiros.

Carlos Lopes é o presidente do Conselho Fiscal, coadjuvado por João Lopes, Maria Bento e Licínio Lourenço, ao passo que Henrique Canha assume a presidência da Assembleia Geral, sendo acompanhado na Mesa por Paulo Antunes, Sérgio Serras e Paula Rito.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).