“Os Artistas de férias”, por Massimo Esposito

Pois é! Também os artistas vão de férias, desmentindo a ideia comum de que os artistas estão sempre de férias!

PUB

O povo deve saber que os artistas têm família (ou podem não tê-la), que gostam de praia e do mar como os outros, uma cervejinha fresca e de marisco, e que no verão as galerias fecham e os concursos ficam dizimados pelo calor tórrido do nosso País.

Os empenhos filosóficos ligados ao horizonte artístico são cultivados com mais calma e, às vezes, quando dois ou mais artistas se encontram na esplanada do restaurante, a conversa cai mais do lado dos temperos que das cores.

PUB

Às vezes pensa-se no artista como uma pessoa “diferente”… mas não é!

É só uma pessoa que vê as coisas numa maneira diferente, com mais coração ou com uma perspectiva diferente ou com anos de avanço, mas vive e chora como todos os outros, mas estou a sair um pouco do tema…. FÉRIAS.

PUB

Este ano tivemos um calor excecional, um clima ótimo para praia e mar, e devo dizer que, apesar de não ter muito aproveitado desta bela possibilidade, tive tempo para descansar.

Descansar para o artista não é só ter a barriga ao sol ou comer acepipes, mas sobretudo um momento de meditação, de recolhimento que dá força para futuros projetos. A mente do artista não pára, seja uma sinfonia, um quadro ou um evento, podem aparecer nos meandros do cérebro a qualquer hora ou momento. As vezes é ainda mais frutífero o momento de relax do que quando se trabalha fisicamente numa obra.

Falando com um colega de outra área, hoje, sentimos mesmo isto, a pausa procurada nas férias é de imenso valor para nós, para CRIAR outros projetos. Para alargar os nossos horizontes e para sentir-nos mais convictos de que estamos na “reta via”.

A vida do artista não é fácil, temos de “lutar” com preconceitos, com a famosa falta de verba que as instituições alegam desde a criação do mundo, a precariedade das receitas que variam de mês a mês e muito mais… e é para isto que também os artistas precisam de férias… para ficarem mais fortes e mais felizes!

Queria aqui, saindo um pouco do contexto, dar força e agradecimento aos bombeiros que de férias não tiveram muitas e que lutaram incansavelmente a defender-nos de tanto fogo.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here