Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Orçamento de 32 milhões em Ourém “para inglês ver”

Os Documentos Previsionais para 2016 foram a discussão na reunião de câmara privada desta sexta-feira, dia 30, mas continuam por aprovar. Debateu-se a taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a Derrama, mas os restantes tópicos ainda não foram analisados, pelo que a votação foi adiada. Um orçamento de 32 milhões ainda com muitas interrogações quanto à perspetiva dos apoios comunitários.

- Publicidade -

“Este é um orçamento para inglês ver, para cumprir calendário. No início do ano vamos rever”, comentou a respeito o presidente do município, Paulo Fonseca, sublinhando um documento “atípico”, que obedece às particularidades do país e a todas as incertezas quanto aos apoios europeus. No total, desce cerca de um milhão em relação a 2015.

Entre os tópicos já discutidos, ficou aceite a manutenção do IMI em 0,33% e da Derrama em 1,35%. As empresas com faturação abaixo dos 150 mil euros estão isentas deste último imposto. A taxa sobre o IRS é de 5%.

- Publicidade -

O orçamento inclui ainda o IMI familiar, com redução de 20% no IMI a famílias com três filhos, 15% em famílias com dois filhos e 10% em famílias só com um.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here