Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Agosto 5, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

“O homem Filipe Pereira e as suas porcelanas”, por Massimo Esposito

É verdade que o Entroncamento é a terra dos fenómenos, mas o maior que conheci foi com certeza Filipe Pereira. Acho que poucos no Ribatejo conhecem o artista da Porcelana como é conhecido no resto do mundo (e quando falo de mundo falo de Coreia, Japão, Dubai, México E.U.A., Brasil, Itália…e muto mais) e é um pecado grave. Tive a oportunidade de o conhecer inicialmente via Facebook,  depois de uma conversa com o Presidente da Câmara de Entroncamento, e ultimamente de forma pessoal. E foi maravilhoso.

- Publicidade -

Homem enérgico, sorridente, altamente profissional, hospitaleiro e amante dos animais, flores e plantas. Um artista conhecido no mundo inteiro que abre a porta da sua casa com um à vontade especial e mostra com amor e carinho as suas obras, e também as dos seus amigos, que preza e respeita. Entrei no seu laboratório bem iluminado e cheio de cores e vi obras espetaculares a serem produzidas, embaladas e prontas a ser enviadas. Paletes de cores (que produz pessoalmente), de uma suavidade e harmonia que fiquei admirado. Os pincéis especiais que levam o seu nome e são vendidos em cada canto do globo. As suas obras, desde jarros com animais, pratos floridos e retratos espreitam em cada canto da casa dando paz e alegria.

Vive no Entroncamento mas está sempre a viajar, a dar workshops, e a realizar exposições nos mais requintados lugares artísticos (saiu para Miami, agora está em Houston e amanhã..? não sei, mas com certeza a ensinar a arte de pintar a porcelana, a descobrir como juntar as cores, como conseguir aquela textura, rodeado por alunos e colegas que internacionalmente o admiram e respeitam. E aqui vem uma pergunta: como é que um homem que vive num ambiente muito peculiar e competitivo consegue tanto respeito?  Porque é que um homem que AMA o seu trabalho e respeita o trabalho dos outros. Porque é um homem aberto mas altamente preparado e sempre em competição consigo mesmo, que quer sempre melhorar, ultrapassar-se e maravilhar-se. Primeiro a si mesmo, e depois os outros, não se imiscuindo em discussões inúteis.

- Publicidade -

Saí da sua casa com livros que me ofereceu generosamente mas,sobretudo, com o coração alegre porque vi como se pode não só viver da arte mas ser muito feliz por o poder fazer e transmitir aos outros. E há umas coisas que nos unem: o amor à arte, o gosto de o transmitir a outros e, sobretudo, o olhar fixamente para a própria meta.

Eu não sei quanto alunos teve, provavelmente milhares, mas a SUA pincelada é a SUA, as ideias são SUAS e ele é que as desenvolve. Aconselho a verem os seus inúmeros vídeos no You Tube ou o seu site www.filipeporcelainpainting.pt  e oferecerem aos vosso olhos um momento de paz e arte.

Obrigado Filipe.

Pintor Italiano, licenciado em Arte e com bacharelato em Artes Gráficas em Urbino (Itália), vive em Portugal desde 1986. Em 1996 iniciou um protejo de ensino alternativo de desenho e pintura nas autarquias do Médio Tejo que, após 20 anos, ainda continua ativo. Neste projeto estão incluídas exposições coletivas e pessoais, eventos culturais, dias de pintura ao ar livre, body painting, pintura com vinho ou azeite, e outras colaborações com autarquias e instituições. Neste momento dirige quatro laboratórios: Abrantes, Entroncamento, Santarém e Torres Novas.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

  1. Faço minha as su as palavras ! E realmente um orgulho que o Maior e mais carismático pintor em porcelana do mundo seja português e tenha o seu atelier na terra que me viu nascer , o Entroncamento !
    Bem haja, grata por o Filipe le var tao longe e tao alto o nosso pais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome