Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Nersant: Mercado colombiano é oportunidade para empresas

Três dezenas de empresários estiveram presentes numa sessão de apresentação organizada pela NERSANT sobre as oportunidades de negócio do mercado colombiano. A Associação Empresarial da Região de Santarém organiza em fevereiro uma missão empresarial a este país.

- Publicidade -

- Publicidade -

A dimensão do mercado da Colômbia, com 48 milhões de habitantes, bem como o seu alcance no mundo, através dos diversos acordos comerciais que permitem que este mercado chegue a 45 países e a 1.500 milhões de consumidores, fez da Colômbia um dos países com maiores taxas de crescimento, sendo hoje a 8ª economia mundial. Tem-se verificado, por este motivo, um aumento significativo do consumo privado e um crescimento da classe média, e que atinge percentagens na ordem dos 50 por cento, mas com espaço para crescer.

Este crescimento, aliado a uma população jovem (55% da população tem menos de 30 anos) e classe média com poder de compra, motivou a NERSANT a realizar uma sessão de esclarecimento sobre este mercado, devido às evidentes oportunidades para as empresas portuguesas.

- Publicidade -

A convite da NERSANT, esteve presente no seminário Rosário Marques, presidente executiva da Câmara do Comércio e Indústria Luso-Colombiana, que revelou que o país é uma das principais economias mundiais e tem crescido de forma sustentada ao longo das últimas décadas. Quanto a setores de atividade com maiores oportunidades para as empresas portuguesas, a profissional referiu o setor alimentar, especificamente enchidos, vinho e azeites e ainda pêra rocha, o setor do vestuário e calçado e o setor da construção civil, “onde o Governo pretende investir cerca de 83,6 mil milhões de dólares nos próximos 5 anos”, revelou. Em destaque também o setor da energia e ambiente, com grande potencial de crescimento neste país, bem como o setor das Tecnologias de Informação e Comunicação, devido ao desenvolvimento tecnológico que tem assolado o país.

Na sessão, esteve também Pedro Silva, coordenador da América Latina no Novo Banco, que apresentou o mercado financeiro colombiano, “reconhecido na América do Sul pela solidez das suas instituições”. Na sua intervenção, o responsável desta entidade bancária especificou em detalhe um conjunto de mercadorias em défice na Colômbia e com capacidade de produção e exportação por parte de Portugal, com especial destaque para medicamentos, polímeros de etileno em formas primárias, partes e acessórios para tratores, para veículos para transporte, automóveis de passageiros, veículos automóveis, instrumentos e aparelhos para medicina e cirurgia, torneiras e válvulas e dispositivos semelhantes, entre outras mercadorias. Foi ainda assunto os apoios ao investimento e à exportação em vigor neste país, bem como o apoio do Novo Banco nestes processos de internacionalização.

Missão à Colômbia em fevereiro

Da parte da NERSANT, esteve Pedro Félix, vice-presidente da Comissão Executiva da associação, que aproveitou a ocasião para dar a conhecer a missão empresarial que a NERSANT está a organizar à Colômbia. A ação, referiu, vai realizar entre os dias 21 e 28 de fevereiro de 2016, centrando-se nas cidades de Bogotá e Medellín e tem como objetivo estabelecer contactos institucionais com entidades relevantes e realizar reuniões e estabelecimento de contactos com empresas / entidades locais que sejam potenciais parceiros, clientes ou fornecedores. “Cabe à NERSANT assumir toda a organização logística da missão empresarial, desde a marcação das viagens, a reserva do hotel e o agendamento prévio de reuniões a realizar entre as empresas portuguesas e as empresas / entidades colombianas, de acordo com os objetivos estabelecidos pelas empresas nacionais”, referiu Pedro Félix na reunião.

Esta missão está incluída num projeto mais amplo de apoio à internacionalização das PME, pelo que as empresas que integrarem a ação, poderão beneficiar de financiamento a fundo perdido. As empresas interessadas em participar nesta missão empresarial devem desde já efetuar pré-inscrição na mesma, através dos contactos datic@nersant.pt ou 249 839 500.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome