Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Segunda-feira, Julho 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Nersant destaca capacidade exportadora das empresas da região

O número de empresas exportadoras no distrito de Santarém cresceu 30% em 2014, face a 2013, e as exportações de bens e serviços da região aumentaram 5,6% nesse período, aponta um estudo da Associação Empresarial da Região de Santarém.

- Publicidade -

Na comparação com os valores nacionais (um crescimento de 1,7% nas exportações de bens e serviços), a região demonstra possuir empresas “fortemente orientadas e preparadas para o desafio da exportação”, aposta que pode ser “reforçada” com o apoio do Portugal 2020, refere uma nota da Nersant.

Segundo a associação, em 2014 cerca de 15% das sociedades da região do Ribatejo eram empresas exportadoras e, apesar de o volume de negócios ter baixado 1,22%, “verificou-se que, neste mesmo período, o peso das exportações no total do seu volume de negócios teve um crescimento de 6,86%”, tendo as exportações representado, em 2014, 27,6% do total do volume de negócios destas empresas.

- Publicidade -

Na região existem 1.815 empresas exportadoras (cerca de 15% do total), que empregam 43% do número de trabalhadores total da região. Das empresas exportadoras ribatejanas, 435 exportam mais de 50% do seu volume de negócios, acrescenta a associação.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here