Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Julho 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

NERSANT com formação ao dispor de empresas e desempregados

As empresas que ainda não cumpriram as 35 horas de formação obrigatória por lei a cada trabalhador, podem concluir o seu plano de formação através da NERSANT, informou a associação empresarial.

- Publicidade -

Em Torres Novas, por exemplo, as ações de formação principiam no final deste mês de outubro, com os cursos “Liderança, Motivação e Gestão de equipas de trabalho”.

Existem ofertas formativas em outras áreas do saber, nomeadamente em Ciências informáticas, Comércio, Desenvolvimento pessoal, Empreendedorismo, Enquadramento na Organização/Empresa, Formação de Formadores, Gestão e administração, Liderança e Crescimento das Vendas, Línguas, Marketing e Publicidade, Saúde, Segurança e Higiene no Trabalho, Serviço de apoio a crianças e jovens e Trabalho social e orientação.

- Publicidade -

Os cursos realizam-se não só na sede NERSANT em Torres Novas, mas também na área de abrangência dos núcleos, em Ourém, Abrantes, Santarém, Cartaxo e Benavente. Todos os cursos e a devida calendarização por local, está disponível no portal da associação empresarial, em www.nersant.pt.

Formação de Formadores

Os interessados em qualificarem-se para ministrar ações de formação, também podem fazê-lo através da NERSANT, que realiza diversas ações de Formação Pedagógica Inicial de Formadores ao longo do ano. Nos próximos tempos, arrancam ações de formação em Santarém e Torres Novas.

Em Santarém, a formação inicia no dia 21 de outubro e em Torres Novas, no dia 04 de novembro. As inscrições de desempregados e de empresas associadas da NERSANT beneficiam de desconto.

 

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here