Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sexta-feira, Agosto 6, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Município de Sardoal apoia projetos de OTL

O Município de Sardoal, no âmbito do Programa de Ocupação de Tempos Livres (OTL), promovido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), volta a participar como entidade parceira para projetos apresentados na modalidade de Longa Duração.

- Publicidade -

Através deste programa, a autarquia sardoalense poderá ser parceira de projetos que possam vir a ser apresentados por jovens dinamizadores, que pretendam apresentar candidaturas em áreas como o Combate à Exclusão Social, Associativismo, Voluntariado e Desporto.

A realização dos projetos na modalidade das candidaturas de Longa Duração decorre até 30 de setembro, devendo os projetos ser apresentados até 30 dias antes do seu início, por jovens dinamizadores com idades compreendidas entre os 18 e 30 anos.

- Publicidade -

Esta modalidade tem uma duração mínima de 264 horas e máxima de 396, com uma bolsa horária de 2 euros, o que permitirá aos jovens dinamizadores receberem pela sua participação uma bolsa total que poderá variar entre 528 e 792 euros.

Através deste apoio, o município de Sardoal visa promover o empreendedorismo, incentivando os jovens a desenvolver e a executar o seu próprio projeto, ganhando experiência em contexto de trabalho, melhorando a sua capacidade de inserção profissional, as suas competências profissionais, pessoais e relacionais

Os jovens interessados poderão obter mais informações referentes ao programa no Portal da Juventude (http://www.juventude.gov.pt), no Portal do Município (www.cm-sardoal.pt) ou junto dos Serviços de Ação Social do município sardoalense.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome