Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quarta-feira, Julho 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Município de Ourém aprova projeto de reabilitação do Castelo e Paço dos Condes

O projeto de reabilitação do Castelo e Paço dos Condes de Ourém foi aprovado em.reunião de executivo e terá um investimento de 757.910 euros, informou o município.

- Publicidade -

Em nota de imprensa, a autarquia refere que o protocolo de cooperação celebrado em 2014 entre o Município de Ourém e a Fundação da Casa de Bragança assumiu como prioritária a definição de uma proposta de valorização do Castelo e Paço dos Condes de Ourém.

Na última reunião de câmara, na sexta-feira, foi aprovado o projeto de execução deste conjunto monumental, tendo por base o seu valor patrimonial, a urgência da sua conservação e as potencialidades científicas, culturais e turísticas do mesmo, refere ainda o comunicado.

- Publicidade -

Segundo a autarquia, a proposta aprovada compreende uma componente de conservação do Castelo e Paço dos Condes, visando a salvaguarda do monumento e a preservação da sua autenticidade e integridade.

O projeto contempla também uma componente de beneficiação das acessibilidades e das condições de ação cultural, de conservação e segurança das pessoas e do monumento.

O programa de intervenção, definido pelo grupo de trabalho composto por técnicos do Município de Ourém, representantes da Fundação da Casa de Bragança e do Instituto Superior Técnico, em articulação com a Direção Geral do Património Cultural, teve início com uma pesquisa bibliográfica, documental e arqueológica, seguida do diagnóstico de patologias e plano de recuperação do conjunto monumental.

A finalizar, o programa considera a beneficiação das condições de segurança e das acessibilidades no Castelo, Paço dos Condes e entre os vários edifícios. Aqui, inclui-se a criação de um passadiço no Castelo de ligação entre a Torre D. Mécia e a Torre Nordeste, a “reposição” de um passadiço de ligação entre a Torre Central e a Torre Baluarte Nascente, a consolidação dos taludes na encosta sul do Castelo, a melhoria da escadaria que liga o Castelo à Torre Central do Paço dos Condes, a instalação de guardas nos terraços das Torres Baluarte, a instalação de coberturas nas três torres do Castelo e fecho dos vãos e seteiras, a instalação de pavimentos reversíveis no interior da Torre D. Mécia, a pavimentação da Torre do Alcaide, a instalação de infraestruturas elétricas e sistemas de iluminação e a definição de sistemas de drenagem.

O programa de intervenção proposto enquadra-se no projeto de “Reabilitação do Castelo e Paço dos Condes de Ourém” (aprovado pela Direção Geral do Património Cultural em outubro deste ano que dos 757.910,59 euros de investimento conta com um apoio comunitário de 510.000 euros.

O Município pretende depois avançar com o projeto de reabilitação do Castelo e Paço dos Condes para espaços museológicos, enquadrado na prioridade de investimento PEDU/PARU – Programa Operacional POSEUR, que terá um investimento total previsto até ao montante de 1,2 milhões de euros e uma dotação FEDER até cerca de um milhão de euros.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome