Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Agosto 5, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Município de Abrantes vence prémio nacional “Viver em Igualdade”

O Município de Abrantes venceu pela terceira vez o prémio “Viver em Igualdade” atribuído pela terceira vez consecutiva pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), um galardão instituído para premiar o trabalho das autarquias em matéria de igualdade de género e não discriminação.

- Publicidade -

O Prémio Viver em Igualdade é uma iniciativa bienal, promovida pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), que visa distinguir Municípios com boas práticas na integração da dimensão da Igualdade de Género, Cidadania e Não Discriminação, quer na sua organização ou funcionamento, quer nas atividades por si desenvolvidas.

O Prémio, cuja cerimónia de entrega terá lugar em Lisboa dia 24 de outubro, às 14:00, no Teatro da Trindade, consiste na atribuição de um certificado de mérito, destinado a ser usado na comunicação da autarquia, onde se atesta que o município referido é reconhecido como um dos melhores concelhos para viver em igualdade.

- Publicidade -

Nesta terceira edição do prémio, foram oito os municípios contemplados: Abrantes, Cascais, Odivelas, Alfândega da Fé, Lagoa (Algarve), Lisboa, Oliveira de Azeméis, e Póvoa de Lanhoso.

Aos municípios de Amadora, Fafe, Figueira da Foz, Horta (Açores), Mirandela, Madalena (Açores), Câmara de Lobos (Madeira),Santarém, Sever do Vouga, Vila Fanca de Xira, Vila do Conde, Vila do Porto (Açores) e Vila Verde foi atribuída uma menção honrosa.

O Júri do Prémio Viver Em Igualdade, constituído por Virgínia Ferreira, professora e investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, Ana Costa, do GRAAL em representação do Conselho Consultivo da CIG – Secção das ONG, e Rosa Oliveira da CIG, após análise das candidaturas, decidiu atribuir estes prémios e menções honrosas.

Documentos in site www.cm-abrantes.pt

Plano Municipal para a Cidadania, Igualdade de Género e não Discriminação

Apresentação

Links

http://www.igualdade.cm-abrantes.pt

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome