Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Setembro 18, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Menino desaparecido encontrado por voluntários a quatro quilómetros de casa em linha reta

21:00 – A criança de dois anos e meio que estava desaparecida desde quarta-feira no concelho de Idanha-a-Nova foi encontrada com vida numa zona florestal por pessoas que integravam as equipas coordenadas pela GNR.

- Publicidade -

Segundo o capitão Jorge Massano, da GNR de Castelo Branco, o menino foi encontrado pouco antes das 20:00, num “setor de busca que foi alargado” durante a tarde de hoje, a quatro quilómetros de casa em linha reta, ainda na zona de Proença-a-Velha, mas muito próximo da povoação de Medelim.

“Existe a possibilidade de ter percorrido uma distância de 10 quilómetros”, disse aos jornalistas o responsável das operações de busca, salientando que o rapaz está a ser alvo de uma avaliação médica, depois de mais de 30 horas perdido.

- Publicidade -

Para já, de acordo com o oficial da GNR, ainda não é possível ter informações sobre o seu estado de saúde.

Cerca de centena e meia de elementos participaram durante a tarde nas buscas, cujo perímetro de ação aumentou dos cinco para os 20 quilómetros, permitindo que a criança fosse encontrada.

Nas operações participaram militares da GNR, bombeiros, proteção civil municipal, sapadores florestais e voluntários, com apoio de equipas cinotécnicas, drones e mergulhadores, que estão a vistoriar poços e linhas de água.

Dezenas de voluntários, muitos deles estrangeiros, também participaram nas buscas.

A criança terá desaparecido na quarta-feira da casa dos pais, situada a cerca de 1,5 do nucelo central de Proença-a-Velha, entre as 05:00 e as 08:00.

Autoridades detetam pegadas nas buscas por menino desaparecido desde ontem

11:20 – As buscas para encontrar Noah, um menino com dois anos que se mantém desaparecido desde quarta-feira em Proença-a-Velha, no concelho de Idanha-a-Nova, Castelo Branco, foram reforçadas e mobilizam hoje mais de 80 efetivos, ‘drones’, mergulhadores e equipas cinotécnicas.

“As buscas durante a noite foram infrutíferas. A criança ainda não foi encontrada. Hoje de manhã as equipas foram reforçadas. “Neste momento [cerca das 10:00], o dispositivo conta com 63 elementos da GNR e mais de vinte agentes de proteção civil e temos no terreno as equipas cinotécnicas, drones e equipas de mergulhadores”, disse à Lusa o oficial de comunicação e relações públicas do Comando Territorial da GNR de Castelo Branco, Jorge Massano.

As autoridades detetaram entretanto pegadas e estão a concentrar mais “esforços” nessa área. O oficial da GNR detalhou ainda que “pelo tamanho”, as pegadas parecem ser de uma criança e que foram detetadas durante a noite. 

Nesse setor tinham já sido encontradas, ao final da tarde de quarta-feira, a cadela que estaria com o menino, bem como uma peça de roupa que ainda não se sabe a quem pertence.

Proença-a-Velha, no concelho de Idanha-a-Nova. Créditos: A Terceira Dimensão / fotografia aérea

O alerta para o desaparecimento do menino foi dado cerca das 08:30 de quarta-feira, tendo as autoridades montado uma operação de busca, que tem vindo a ser reforçada, integrando já equipas de mergulhadores que vão verificar linhas ou pontos de água que existam naquela área, designadamente poços.

Na quarta-feira, este responsável já tinha adiantado que o menino, com idade compreendida entre “os dois e os três anos”, terá desaparecido de casa e o alerta foi dado pelos pais, que não o encontraram em casa ao acordarem, de manhã.

Os pais do menino divulgaram já fotografias nas redes sociais, pedindo ajuda para o encontrar. Noah foi visto pela última vez com uma camisola cinzenta, calções cor de laranja e deverá usar as galochas azuis que estavam em falta no seu quarto.

Além dos militares da GNR, a Polícia Judiciária também está no local.

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome