Médio Tejo | Votações do público decorrem até esta quarta-feira para os 7 finalistas às 7 Maravilhas

Estão a decorrer até esta quarta-feira, dia 15 de julho, as votações para as finais distritais do concurso 7 Maravilhas da Cultura Portuguesa. O Médio Tejo está fortemente representado entre os finalistas do distrito de Santarém, com seis em sete tradições – Mação (com duas), Sardoal, Alcanena, Constância e Torres Novas. Também a Sertã viu uma candidatura apurada para final regional em Castelo Branco. Os resultados dos 7 finalistas de Santarém serão conhecidos a 15 de julho, com emissão televisiva a partir de Mação. A final distrital de Castelo Branco decorrerá a 14 de agosto, a partir de Penamacor. Os vencedores são escolhidos pelo público, através do voto por telefone (ver quadros com números de cada candidato).

PUB

O concelho de Mação vai apresentar-se na final distrital de Santarém com duas nomeações – o barco picareto e as velas de Cardigos –, Sardoal apurou-se com a tradição das capelas enfeitadas com tapetes de flores, ao passo que Constância vai mostrar a Festa em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem. Torres Novas apresenta-se na final regional com a Bênção do Gado de Riachos e Alcanena com as tradicionais mantas de Minde. Por fim, Coruche e a sua cestaria de junco completa o leque de finalistas regionais do distrito de Santarém candidatos à 7 Maravilhas da Cultura Popular.

Fonte: 7 Maravilhas

No distrito de Castelo Branco, mas ligado à região do Médio Tejo, o município da Sertã viu ser apurado, na categoria de Música e Danças, o projeto “Cancioneiro Tradicional da Beira Baixa”, protagonizado pelo músico Miguel Calhaz, natural da Sertã.

PUB

As emissões das finais distritais decorrem ao longo de todo o dia. A final distrital de Santarém terá lugar em Mação, na quarta-feira, 15 de julho, das 10h00 às 13h00 e das 14h30 às 17h00. No dia 14 de agosto, uma sexta-feira, decorre a final distrital de Castelo Branco, a partir de Penamacor, no mesmo horário.

No dia 7 de junho foram dados a conhecer os 140 Finalistas Regionais da Cultura Popular, num programa em direto, na RTP1, resultados que derivaram da avaliação de um painel de especialistas e que teve ao seu cuidado a missão de selecionar 7 candidaturas por cada distrito. Seguem-se agora as eliminatórias regionais, as meias-finais e a grande final, onde serão eleitas as 7 Maravilhas da Cultura Popular.

PUB
Fonte: 7 Maravilhas

A região do Médio Tejo teve 32 patrimónios nomeados e candidatos às 7 Maravilhas da Cultura Popular entre o total de 471 nomeados de norte a sul do país e das ilhas. Com usos, costumes e tradições candidatos a esta edição do concurso estiveram representados os concelhos de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Sardoal, Sertã, Tomar, Torres Novas e Vila de Rei. Nos concelhos limítrofes também Chamusca e Ponte de Sor apresentaram candidaturas.

As 20 finais regionais correspondem a 20 programas em direto, a transmitir este mês de julho, a partir dos municípios mais pequenos que estiverem a concurso, onde serão diretamente apurados os 20 vencedores, através do maior número de votos populares.

Segue-se um programa de repescagem, a realizar no dia 16 de agosto, onde o voto popular decidirá quais os 8 repescados, a partir dos 20 segundos classificados nas finais regionais. Estes 28 semi-finalistas serão distribuídos por critérios de proximidade geográfica, em duas semi-finais, que irão apurar os 14 finalistas, a realizar nos dias 23 e 30 de agosto.

A 5 de setembro será efetuada a Declaração Oficial das 7 Maravilhas da Cultura Popular, no horário nobre da RTP.

Recorde-se que a eleição das 7 Maravilhas da Cultura Popular representa a nona edição do concurso realizado desde 2007. Já foram realizadas edições relacionadas com Património Histórico de Portugal e de Origem Portuguesa no Mundo, bem como Património Natural, Gastronomia, Praias, Aldeias, à Mesa e sobre os Doces típicos.

PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here