- Publicidade -

Domingo, Dezembro 5, 2021
- Publicidade -

Médio Tejo | Transporte a Pedido em funcionamento nos concelhos de Alcanena e Constância

No âmbito do projeto Transporte a Pedido no Médio Tejo, pioneiro a nível nacional na experimentação de novas soluções de transporte público adaptadas às zonas de baixa densidade populacional, os concelhos de Alcanena e Constância já têm este serviço em funcionamento desde segunda-feira, dia 3 de abril.

- Publicidade -

Para além de Alcanena e Constância, o serviço de Transporte a Pedido encontra-se atualmente em funcionamento nos concelhos de Abrantes, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar e Vila Nova da Barquinha, tendo sido recentemente desenvolvidos estudos técnicos com vista ao alargamento do serviço de transporte a pedido a outras zonas do Médio Tejo.

A configuração dos serviços de transporte a pedido tem subjacente uma função social e observa os princípios de complementaridade à oferta de transportes públicos regulares, tendo sido definido para o concelho de Alcanena a criação de 5 circuitos de ligação às respetivas sedes de freguesia e sede do concelho, de modo a assegurar ligações aos equipamentos de saúde, juntas de freguesia e mercado local.

- Publicidade -

O serviço de transporte a pedido no concelho de Alcanena oferece, para cada circuito, uma circulação de ida a Alcanena no período da manhã e uma circulação de volta à hora do almoço, com a periodicidades de dois dias por semana, existindo sempre a oferta do serviço no dia de Mercado em Alcanena, realizado às quartas-feiras.

A criação dos circuitos de Bugalhos, Espinheiro, Minde e Serra de Santo António possibilita o acesso por parte dos residentes dos lugares mais rurais do concelho à sede do concelho, enquanto a criação do Circuito Urbano proporciona aos residentes da freguesia urbana uma rápida ligação à sede do concelho em horários mais adequados aos períodos de funcionamento do comércio e serviços, de forma a ir ao encontro das necessidades de mobilidade da população.

O serviço de transporte a pedido no concelho de Constância visa melhorar a oferta de transporte coletivo de ligação da população da zona sul do concelho, residentes na freguesia de Santa Margarida da Coutada, à sede do concelho e à sede de freguesia em Aldeia de Santa Margarida, colmatando os problemas de fraca oferta durante o período escolar e oferta quase inexistente durante as férias escolares, através da garantia de ligações ao Posto Médico localizado em Aldeia de Santa Margarida e ao Centro de Saúde localizado na sede do concelho.

O serviço de transporte a pedido no concelho de Constância é realizado às 2.ª, 3.ª e 5.ª durante todo o ano, com oferta de duas circulações de ligação da zona sul à sede do concelho (ida no início da manhã e volta a hora do almoço) e quatro circulações de ligação da zona sul à sede de freguesia em Aldeia de Santa Margarida (ida no início da manhã e hora do almoço com retorno na hora do almoço e final do dia).

As tarifas praticadas encontram-se de acordo com a nova tabela tarifária, em vigor desde 1 de março, e variam de acordo com a distância origem/destino que implicam no custo do bilhete entre 1.20€ e 2.10€ para os concelhos de Alcanena e Constância. Existe a possibilidade de aquisição de uma carteira de 10 bilhetes pré-comprados que oferece um desconto de 30% e possui validade de 2 meses a partir da data da primeira viagem.

O Transporte a Pedido é um serviço de transporte público em que o passageiro tem que efetuar previamente a reserva de viagem e diariamente as viaturas só se deslocam às paragens que tiverem reservas.

As reservas poderão ser efetuadas até às 15:00h do dia útil anterior ao dia da viagem, através de chamada gratuita para o número de telefone 800 209 226.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome