Quinta-feira, Março 4, 2021
- Publicidade -

Médio Tejo | Transporte a Pedido alargado a Vila de Rei e zona sul de Tomar

O Transporte a Pedido vai ser alargado ao concelho de Vila de Rei, com o lançamento de três circuitos intermunicipais, e passará a abranger a zona sul do concelho de Tomar, com cinco novos circuitos municipais. A região passa a estar abrangida quase na totalidade, à exceção do concelho do Entroncamento, cujas características não justificam o serviço da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo.

- Publicidade -

As propostas de alargamento da rede foram aprovadas pelo Conselho Intermunicipal da CIM do Médio Tejo durante a reunião desta quinta-feira, dia 6, tendo o Secretário-Executivo, Miguel Pombeiro, esclarecido mais tarde ao mediotejo.net que, no caso de Tomar, os novos circuitos na União de Freguesias de Madalena e Beselga irão reforçar os dois existentes em Sabacheira e Olalhas.

Quanto a Vila de Rei, a escala passa de municipal a intermunicipal e os percursos são mais abrangentes, com ligação aos centros da Sertã, Tomar e Abrantes. O segundo tem passagem por Ferreira do Zêzere e o terceiro pelo Sardoal. Miguel Pombeiro sublinhou que, atualmente, já existe um percurso deste género na região, nomeadamente o que liga Vila Nova da Barquinha à estação ferroviária do Entroncamento.

- Publicidade -

O circuito de Vila Nova da Barquinha foi a primeira experiência intermunicipal pois faz ligação ao Entroncamento. Foto: CIM do Médio Tejo

Uma “experiência” com resultados positivos que será replicada noutros concelhos da região, acrescentou. No futuro estão, igualmente, previstas as ligações diretas entre as cinco cidades do Médio Tejo (Abrantes, Entroncamento, Ourém, Tomar e Torres Novas) anunciadas por Anabela Freitas, presidente da CIM do Médio Tejo, durante a apresentação do PART – Programa de Apoio Tarifário à Redução Tarifária nos Transportes Públicos no passado mês de março.

Na altura, foi referido que o valor global de dotação do PART previsto para a CIM do Médio Tejo em 2019 é de 892.759,00€. Do total, 870.984,00€ são provenientes do Fundo Ambiental e 21.775,00€ comparticipados pelos municípios, tendo a CIM do Médio Tejo optado por aplicar cerca de 90% na redução tarifária e o remanescente no aumento da oferta de serviço e extensão da rede, com incidência no Transporte a Pedido.

Este serviço de transporte público teve início em Mação no ano de 2013 e assemelha-se ao transporte coletivo regular de passageiros no que respeita aos circuitos, paragens e horários definidos. A diferença reside no facto de funcionar mediante as reservas realizadas telefonicamente, entre as 9h00 e as 15h00 dos dias úteis (exceto feriados), para o número gratuito 800 209 226.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).