Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 16, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Médio Tejo | Teresa Salgueiro e Gaiteiros de Lisboa em abril nos “Caminhos”

O programa cultural “Caminhos”, que acontece em 13 municípios do Médio Tejo, trás este mês de abril a seis destes concelhos espetáculos com nomes da música como Teresa Salgueiro, Gaiteiros de Lisboa, Pedro Joia, Helder Moutinho ou Bruno Pernadas.

- Publicidade -

Iniciado em 2017, o programa desta iniciativa cultural em rede, promovida pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT), marca três momentos do ano: a primavera, com temáticas associadas às linhas férreas (Caminhos do Ferro), o verão, com os leitos dos rios a servirem de tema para os Caminhos da Água, e o outono, dedicado aos Caminhos da Pedra (estradas), levando espetáculos de música, teatro, dança, circo contemporâneo e percursos artísticos em itinerância por vários concelhos.

Os “Caminhos do Ferro” vão acontecer este mês de abril, este ano com a programação concentrada em dois fins de semana (12 a 15 e 20 a 22), levando a Abrantes, Constância, Entroncamento, Mação, Tomar e Vila Nova da Barquinha a música de Teresa Salgueiro, dos Gaiteiros de Lisboa, de Pedro Joia, Helder Moutinho, Bruno Pernadas e Castello Branco (música popular brasileira).

- Publicidade -

O secretário executivo da CIMT, Miguel Pombeiro, disse à Lusa que, além da música, a programação desta primeira etapa dos “Caminhos” inclui espetáculos de teatro e eventos de rua que trarão à região o grupo de teatro de rua espanhol El Carromato e um grupo francês, mantendo-se os percursos artísticos desenvolvidos por artistas como Marina Palácio e Lara Soares, entre outros.

Os eventos decorrem em vários espaços, ligando os espetáculos ao património e ao turismo, para criar “percursos culturais no território”, que na primeira edição, em 2017, envolveram “milhares de pessoas”, entre visitantes e elementos da comunidade, em particular escolas e associações, em 160 ações culturais, afirmou.

Se em 2017 as ações decorreram de quarta-feira a domingo, a edição deste ano vai concentrar a programação aos fins de semana, sendo o acesso aos espetáculos gratuito, adiantou.

Com um financiamento comunitário global da ordem dos 750.000 euros para três anos, sendo a componente nacional assumida pelos municípios onde decorrem os eventos, “a ambição é que esta primeira experiência possa criar raízes” e permitir que o conceito de organização em rede possa prosseguir, disse.

A apresentação dos “Caminhos 2018 – Programação Cultural em Rede” foi uma das ações programadas pela CIMT na BTL, tendo sido apresentadas as iniciativas Fátima – Tomar Stayover, Wakeboard Médio Tejo – Wakeboard para Todos, Festival das Grandes Rotas (Constância), Zêzere Artes (Tomar), Centro de Interpretação Templário – Almourol (Vila Nova da Barquinha), Projeto de Valorização das Grutas de Lapas (Torres Novas) e Rota Carmelita (Ourém), além da degustação de produtos regionais.

A CIMT integra os concelhos de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha, do distrito de Santarém, e Sertã e Vila de Rei, do distrito de Castelo Branco.

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome