Médio Tejo | Secretário de Estado passou pela região a pedalar

O Secretário de Estado na sua passagem pelo centro geodésico de Portugal. Foto: DR

Fazer uma travessia de norte a sul de Portugal em bicicleta é o desafio a que se propôs o Secretário de Estado do Planeamento, José Gomes Mendes, durante as suas férias. São cerca de mil quilómetros a pedalar, muitos deles pela EN2, tendo o governante feito a passagem pelo Médio Tejo com uma paragem obrigatória no centro geodésico de Portugal.

PUB

A aventura começou em Bragança a 24 de julho e deverá terminar este domingo, 2 de agosto, em Sagres, no Algarve. Diariamente no Facebook e no Jornal de Notícias o governante dá conta destas férias que “só podiam ser cá dentro”, “a homenagear as nossas terras, as nossas gentes”. “Os mil quilómetros da minha vida”, juntam três paixões (“pelo território”, “por Portugal” e “pelas bicicletas”), escreve José Gomes Mendes.

“Portugal Diagonal” foi o nome que escolheu para esta travessia do país a pedalar, que incluiu uma passagem pela EN2 na nossa região. No dia 28 de julho a etapa de 75km ligou Góis à Sertã. No dia seguinte completou um dos troços mais extensos (125km) entre Sertã e Mora com passagem por Vila de Rei, Sardoal, Abrantes e Montargil, já em Ponte de Sor.

PUB

Na sua crónica de viagem de 29 de julho, relata a passagem por terras de Vila de Rei não faltando a paragem obrigatória no centro geodésico de Portugal.

Com alguns problemas nas mudanças da bicicleta, o Secretário de Estado seguiu a placa que indicava “Picoto da Melriça” e, ao sair na EN2, depara-se com “uma rampa, majestosa, de quase um quilómetro, empinada acima de 15 %”.

Cansado, chegou ao “marco geodésico padrão”, de nove metros de altura, de onde se pode observar, “numa volta completa, a anatomia da nossa paisagem”.

Deslumbrado com o que contemplava, José Gomes Mendes, relata: “Que visão magnífica! Bem longe, os maciços da cordilheira central – Gardunha, Estrela, Lousã, Aire e Montejunto. Para sul, as amareladas planícies alentejanas. Na proximidade, o pinhal. Se o dia for mesmo límpido, a linha do mar lá para os lados onde se põe o sol”.

Disse o governante ciclista ser aquele “um momento sublime”. “A grandiosidade do espaço quase me embriaga os sentidos. O nosso Portugal!”, conclui.

José Gomes Mendes foi secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade (2017-19) e chairman da Transport Decarbonization Alliance. Diz que gosta de andar de bicicleta “porque é o mais saudável dos modos de mobilidade”.

PUB
Abrantes numa imagem captada pelo governante ciclista. Foto: DR

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here