Sábado, Fevereiro 27, 2021
- Publicidade -

Médio Tejo | PSD questiona Governo sobre alterações aos Caminhos de Fátima

O PSD questionou hoje o Governo sobre “alterações ao percurso dos Caminhos de Fátima”, num novo trajeto que, afirma, “coloca Tomar, Vila Nova da Barquinha e a Golegã como percursos secundários de passagem dos caminhos de Santiago”.

- Publicidade -

- Publicidade -

NA pergunta enviada ao Governo, dirigida à secretária de Estado do Turismo, os deputados Nuno Serra e Duarte Marques, eleitos por Santarém, referem ter “vindo a público um conjunto de notícias e projetos que pretendem alterar os habituais caminhos percorridos por peregrinos que se deslocam a Fátima ou a Santiago de Compostela”, na vizinha Espanha, e que “significa a secundarização do “Caminho Primitivo” que atravessa os concelhos de Tomar, Golegã e Vila Nova da Barquinha”, no percurso de Santiago de Compostela.

“As alterações vindas a público, e recentemente confirmadas numa visita da Senhora Secretária de Estado a Tomar, revelam que a habitual passagem por esta cidade, bem como por outros concelhos como a Golegã e Vila Nova da Barquinha, poderia ser menorizada ou suprimida do eixo principal nos novos trajetos a serem promovidos e aconselhados pelas autoridades nacionais e em particular pelo Turismo de Portugal”, pode ler-se.

- Publicidade -

“Os percursos de peregrinos, quer os que se deslocam a Fátima ou a Santiago de Compostela, têm tradições, referências, postos de apoio, que importa respeitar e preservar”, defende o PSD, que pergunta se o Governo “confirma o apoio às iniciativas e aos novos caminhos de Fátima e de Santiago de Compostela que são agora propostos” (…), se “está o governo disponível para alterar o traçado publicado pelo jornal Expresso (…) e manter o percurso original”, e, finalmente, se “foram estas alterações coordenadas com as autarquias locais que são percorridas pelos mais diversos caminhos”.

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).