Médio Tejo | Poder de compra aumentou na última década mas mantém-se abaixo da média nacional

Foto: DR

O poder de compra per capita na região do Médio Tejo aumentou na última década, no entanto continua a ser inferior à média nacional, de acordo com dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Entre os 100 municípios do país com maior poder de compra (tendo por referência o valor nacional de 100), estão Entroncamento (98,52), Torres Novas (96,77), Abrantes (89,19), Alcanena (86,08) e Tomar (84,97). A média do Índice de Poder de Compra (IPC) no Médio Tejo situa-se nos 85,63, enquanto na Lezíria, esse valor sobe para os 90,74.

PUB

O “Estudo sobre o Poder de Compra Concelhio”, do INE, que se reporta ao ano de 2017, aponta para uma quebra generalizada mas ligeira no poder de compra na região do Médio Tejo em relação ao biénio anterior (2014-2015), com exceção para os municípios de Ourém, Vila de Rei e Vila Nova da Barquinha, que registaram uma ligeira subida (ver tabela).

Globalmente, em dois anos, o poder de compra na região baixou de 87,40 para 85,63, segundo o INE. Na análise comparativa entre 2007 e 2017, concluímos que o poder de compra na região aumentou em média, de 80,86 para 85,63.

PUB

No distrito de Santarém, apenas a capital surge acima da média nacional, com 101,40 de IPC em 2017. Aliás, apenas em 32 dos 308 municípios nacionais, o poder de compra per capita é superior à média nacional. São as áreas metropolitanas de Lisboa e Porto que concentram mais de metade do poder de compra do país. As cidades de Lisboa (219,63 euros) e Porto (157,82 euros) perfazem juntos 52 por cento da concentração de riqueza do país.

“Esta análise sugere, assim, uma associação positiva entre o grau de urbanização das unidades territoriais e o poder de compra aí manifestado”, lê-se no relatório publicado pelo gabinete de estatística.

PUB

Índice de Poder de Compra

  2015 2017
Entroncamento 103,06 98,52
Torres Novas 98,77 96,77
Abrantes 91,54 89,19
Alcanena 86,70 86,08
Tomar 87,40 84,97
Ourém 83,23 83,64
Constância 93,21 83,05
Sertã 75,12 72,56
Vila Nova da Barquinha 72,12 72,25
Mação 69,26 68,81
Sardoal 73,92 68,62
Ferreira do Zêzere 67,91 67,78
Vila de Rei 65,39 66,24
Médio Tejo 87,40 85,63

Fonte: INE

Índice de Poder de Compra

  2007 2017
Abrantes 86,90 89,19
Alcanena 71,11 86,08
Constância 83,84 83,05
Entroncamento 111,98 98,52
Ferreira do Zêzere 57,63 67,78
Mação 62,33 68,81
Ourém 74,17 83,64
Sardoal 65,25 68,62
Sertã 62,23 72,56
Tomar 82,55 84,97
Torres Novas 91,38 96,77
Vila de Rei 59,55 66,24
Vila Nova da Barquinha 64,96 72,25
Médio Tejo 80,86 85,63

Fonte: INE

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here