Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Setembro 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Médio Tejo | Ourém passa a ser dotado de uma unidade local de saúde mental

O executivo municipal de Ourém aprovou por unanimidade um protocolo com a celebrar com o Centro Hospitalar do Médio Tejo a fim do concelho passar a ser dotado de uma equipa comunitária de saúde mental para a população adulta. A unidade local já se encontra a funcionar no Centro de Saúde de Ourém há dois meses, devendo ser agora ser instalada em dois gabinetes do Centro Municipal de Exposições.

- Publicidade -

- Publicidade -

“É com algum regozijo que vos transmito que o município de Ourém viu recentemente ser aprovado, por despacho governamental, uma resposta na área da saúde mental direcionada ao concelho/região. Esta resposta é consequência direta do trabalho realizado pelo município, e tem por base a forte articulação com diversas entidades, no sentido de encontrar e aumentar as parcas respostas existentes, nesta área”, disse o presidente Luís Albuquerque (PSD-CDS), numa declaração lida durante a reunião de executivo.

“Este trabalho silencioso e continuado levou o Centro Hospitalar do Médio Tejo E.P.E. (CHMT, E.P.E.) a selecionar o nosso concelho para albergar a Equipa Comunitária de Saúde Mental para a População Adulta”, afirmou o autarca.

- Publicidade -

Segundo avançou Luís Albuquerque, esta é constituída por um médico psiquiatra, uma psicóloga, duas enfermeiras, uma terapeuta ocupacional, uma assistente social e uma assistente técnica, sendo considerada a nível nacional uma resposta “inovadora”.

“Vai assegurar um conjunto de serviços diversos e intervenções na abordagem das pessoas com doença mental, devendo permitir que os tratamentos decorrem na comunidade, em articulação com outros profissionais de saúde e outros níveis de cuidados, contribuindo para a redução do estigma e da discriminação, frequentemente associados à doença mental”, adiantou.

Em declarações aos jornalistas na sequência da reunião, o presidente comentou que esta é uma resposta “inovadora” a nível nacional, reiterando a sua satisfação por estar a ser instalada no concelho de Ourém.

A equipa já se encontra há dois meses no Centro de Saúde de Ourém, devendo transitar para o Centro Municipal de Exposições.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome