Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sexta-feira, Setembro 17, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Médio Tejo | Os números negros das nossas estradas

Dados provisórios da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) revelam que, no distrito de Santarém, durante o ano 2018, registaram-se menos acidentes, menos mortos, mas mais feridos graves. No distrito de Castelo Branco, as estatísticas são menos negras já que houve uma redução do número de acidentes, mortos e feridos graves.

- Publicidade -

Com base nos mapas de acidentes e vítimas referentes ao Continente (antenas) enviados diariamente pelas Entidades Fiscalizadoras, mas ainda com caráter provisório, a ANSR contabiliza, durante o ano passado, no distrito de Santarém, 5.100 acidentes (menos 98 do que em 2017) dos quais resultaram 35 mortos (menos oito do que no ano anterior) e 208 feridos graves (mais 21).

É aliás, o segundo distrito com maior número de feridos graves logo depois de Lisboa.

- Publicidade -

No distrito de Castelo Branco registaram-se 1.790 acidentes (menos 49 do que no ano anterior) que provocaram 12 mortos (menos três) e 66 feridos graves (menos 15).

Entre os 18 distritos do Continente, Santarém é o 9° com maior número de acidentes, enquanto Castelo Branco é o 5° com menor sinistralidade.

A nível nacional, a ANSR, que compila dados da GNR e PSP, contabilizou 132.378 acidentes, o maior número dos últimos três anos. Também o número total de mortos aumentou para 513 (mais 3 do que em 2017), mas o número de feridos graves baixou de 2.198 em 2017 para 2.093 no ano passado.

Nestas estatísticas da ANSR contabiliza-se como mortos as vítimas cujo óbito foi declarado no local do acidente ou a caminho do hospital. São considerados feridos graves aqueles cujos danos corporais obriguem a um período de hospitalização superior a 24 horas.

  Acidentes Mortos Feridos graves
  2016 2017 2018 2016 2017 2018 2016 2017 2018
Distrito de Santarém 4.923 5.198 5.100 24 43 35 136 187 208
Distrito de Castelo Branco 1.690 1.839 1.790 17 15 12 84 81 66

Fonte: ANSR

 

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome