Médio Tejo | Novos concursos abertos para apoiar agricultores do Ribatejo Interior

Encontram-se abertos novos concursos para apoiar agricultores do Ribatejo Interior. Nesse sentido, a TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior, está a receber, desde o início do mês, candidaturas aos apoios do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR 2020), enquadrados nas medidas 10.2.1.2. ‘Pequenos Investimento na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas’ e 1.2.1.5. ‘Promoção de Produtos de Qualidade Locais’.

A dotação orçamental destes dois concursos é de 370 mil euros e as candidaturas de projetos a implementar em Abrantes, Constância ou Sardoal podem ser submetidas até dia 15 de abril.

Lagares, adegas, produtores de compotas, fabricantes de produtos cárneos, entre outros, que pretendam modernizar e capacitar os seus negócios, podem encontrar apoio para o seu investimento, através da operação “Pequenos Investimento na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas”. As candidaturas podem ir até aos 200 mil euros e o apoio será de 45 por cento das despesas elegíveis.

PUB

Nesta linha, é valorizada a transformação e comercialização de produtos agrícolas prioritários na Estratégia da TAGUS, tais como os provenientes do olival, os produtos biológicos, os frutos vermelhos e os hortofrutícolas. Também são majorados investimentos na eficiência energética e modelos de comercialização online.

Já a operação “Promoção de Produtos de Qualidade Locais” tem por objetivo apoiar a promoção e as políticas comerciais, que permitam induzir o consumo pela valorização dos produtos abrangidos por regimes de qualidade, como os de Denominação de Origem Protegida (DOP), Indicações Geográficas Protegidas (IGP), Especialidade Tradicionais Garantidas (ETG), Produção biológica e integrada, entre outras.

A comparticipação de projetos na 10.2.1.5., do PDR 2020, é de 50 por cento das despesas elegíveis para candidaturas até aos 200 mil euros ou 400 euros, no caso de parcerias de agrupamentos de operadores.

Esta medida destina-se a apoiar estudos ou pesquisas de mercado, com vista à definição de posicionamento do produto num mercado, estudos de caracterização da especificidade e qualidade do produto, elaboração e implementação de planos de comercialização ou marketing-mix e ações promocionais.

Mais informação no sítio na Internet da TAGUS (tagus-ri.pt) ou do PDR2020 (pdr-2020.pt), onde pode também consultar os avisos de concurso e da legislação aplicável, no âmbito do Desenvolvimento Local de Base Comunitária Rural (DLBC Rural), do PDR 2020, financiados pelo Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (FEADER).

PUB
Paula Mourato
A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).