Médio Tejo | Novas máquinas e equipamentos pesados para as brigadas de sapadores florestais

Máquina de rasto. Foto: Óscar Rodrigues

O Conselho Intermunicipal da CIM do Médio Tejo aprovou na última reunião o contrato de comodato que permite a disponibilização de máquinas e veículos pesados para as brigadas de sapadores florestais. Este reforço surge no âmbito da candidatura apresentada pelo ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas ao PO SEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos.

PUB

Segundo Miguel Pombeiro, esta medida é “fundamental para aumentar a rentabilidade” das duas equipas de sapadores desta comunidade intermunicipal. A primeira brigada já foi constituída e a segunda está em fase de operacionalização, representando um total de seis equipas com 30 elementos, 29 técnicos operacionais e um técnico superior.

O Secretário Executivo da CIM do Médio Tejo destaca que algumas máquinas, como tratores pneumáticos, ficarão sob gestão da CIM do Médio Tejo e que outros veículos pesados, como as máquinas de rasto, serão utilizados consoante a requisição desta comunidade intermunicipal ao ICNF.

PUB

As expetativas são de que “alguma desta maquinaria já possa estar a ser disponibilizada às comunidades intermunicipais” no mês de junho, acrescenta.

PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here