Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Agosto 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Médio Tejo | Menos casamentos na região, e apenas cinco entre pessoas do mesmo sexo

Entre 2015 e 2016, a região do Médio Tejo registou uma quebra de 49 casamentos segundo dados do Instituto Nacional de Estatística, com base em informação registada nas Conservatórias do Registo Civil.

- Publicidade -

Em 2015, nos 13 concelhos desta região, foram celebrados 679 casamentos e esse número baixou para 630 no ano seguinte.

Mesmo assim, cinco concelhos do Médio Tejo registaram um ligeiro aumento do número de casamentos. São eles: Constância, Ferreira do Zêzere, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha (conferir tabela).

- Publicidade -

Por outro lado, houve concelhos que registaram uma grande quebra da nupcialidade. É o caso do Entroncamento que num ano viu reduzido quase para metade o número de casamentos, de 58 para 30.

Do total de uniões nos dois anos, houve apenas cinco entre pessoas do mesmo sexo. Em 2016, foram celebrados dois casamentos homossexuais, entre homens, no concelho de Ourém e outros dois entre mulheres, um em Constância e outro no Entroncamento. Em 2015 registou-se apenas um casamento homossexual no Médio Tejo, feminino, em Tomar.

Solicitámos às dioceses de Santarém e Castelo Branco informação sobre o número de casamentos católicos mas, até ao momento, não recebemos qualquer resposta.

Casamentos civis no Médio Tejo

2015 2016
Abrantes 76 64
Alcanena 35 34
Constância 19 21
Entroncamento 58 30
Ferreira do Zêzere 23 25
Mação 19 12
Ourém 171 167
Sardoal 11 8
Sertã 53 42
Tomar 107 113
Torres Novas 67 72
Vila de Rei 7 5
Vila Nova da Barquinha 33 37
Total Médio Tejo 679 630

Fonte: INE

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome