Sexta-feira, Fevereiro 26, 2021
- Publicidade -

Médio Tejo | ICNF, CIM do Médio Tejo e municípios financiam brigadas de sapadores florestais

A região do Médio Tejo dispõe neste momento de duas brigadas de sapadores florestais, estando previsto que a segunda esteja operacional no segundo trimestre de 2019. Os custos que lhes estão associados vão ser repartidos pelo ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e os municípios.

- Publicidade -

A forma como o investimento vai ser dividido foi aprovada esta quinta-feira, dia 24, pelo Conselho Intermunicipal (CI) da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIM do Médio Tejo), depois da qual o Secretário-Executivo, Miguel Pombeiro, esclareceu ao mediotejo.net de que os valores suportados pela comunidade intermunicipal e os concelhos dizem respeito “à componente não financiada”.

O financiamento do ICNF situa-se nos €120.00,00 anuais e o restante investimento envolve as despesas surgidas depois de ultrapassado esse valor. A nível municipal, as contas foram feitas em função do cálculo dos dias em que as equipas estão em atividade num determinado concelho. Por sua vez, a CIM do Médio Tejo suporta gastos mais gerais, nomeadamente ao nível da vigilância, primeira intervenção e formação.

- Publicidade -

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).