Médio Tejo | Hospitalização Domiciliária do CHMT é a primeira a ser certificada a nível nacional

Unidade de Hospitalização Domiciliária do CHMT é a primeira a ser certificada a nível nacional. Foto: DR

A Unidade de Hospitalização Domiciliária (UHD) recebeu no dia 13 de dezembro a certificação pela norma ISO 9001:2015, o que torna o Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) na primeira entidade Hospitalar do país a certificar uma Unidade de Hospitalização Domiciliária.

PUB

O processo de certificação aconteceu ainda antes da Unidade celebrar o primeiro ano de existência, que se completou apenas no dia 19 de dezembro, tendo o mesmo incidido sobre a admissão e transferência de doentes para a UHD e Internamento na UHD, refere o CHMT em nota de imprensa.

Este processo de Certificação, iniciado em maio deste ano e concluído no corrente mês de dezembro, terá revisão anual por forma a garantir a continuidade das condições de qualidade e de procedimentos validados pela norma ISO 9001:2015.

PUB

Segundo o CHMT, “os objetivos desta Certificação passaram por estabelecer critérios de qualidade e satisfação de clientes internos e externos definindo todos os procedimentos da Unidade tendo por base as Norma da Direção Geral de Saúde e a Missão do CHMT”, ou seja, garantir a qualidade nos processos certificados com a monitorização contínua do processo e implementar medidas de melhoria contínua dos processos tendo em consideração os objetivos e indicadores monitorizados, para além de atualizar os procedimentos de forma a garantir os melhores resultados.

As vantagens deste processo de Certificação incidem sobre a uniformização de procedimentos no âmbito da Hospitalização Domiciliária, a reflexão sistemática da equipa multidisciplinar sobre os resultados obtidos e procura de soluções de forma a garantir a melhoria contínua dos processos, a relação com outros Departamentos do CHMT (Logística, Farmácia, e Patologia Clinica) de forma a uniformizar processos que são transversais na Instituição, para além da formação contínua e ações de sensibilização internas e externas para divulgação da Hospitalização Domiciliária, processo ainda recente em Portugal.

PUB

“Este projeto do CHMT, EPE, resultou do trabalho em equipa  entre a Unidade de Hospitalização Domiciliária e o Serviço de Gestão da Qualidade e junta esta nova certificação a um grupo de outros Serviços Assistenciais do Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE, como são exemplo o Serviço de  Pneumologia, a Unidade de Diabetes e Obesidade e a Rede de água do Serviço de Instalações e Equipamentos, todos certificados durante o ano de 2018”, dá conta o CHMT.

“Já antes”, pode ainda ler-se, “outros Serviços do CHMT estavam certificados”, como sejam o Serviço de Nefrologia do Serviço de Imuno-hemoterapia, da Central de Esterilização dos Cuidados Intensivos (UCIP), do Serviço de Obstetrícia dos Cuidados Paliativos, do Serviço de Psiquiatria, do Serviço de Pediatria – Cuidados Neonatais, da VMER, da SIV e do Serviço de Patologia Clínica.

“O conjunto dos Serviços Assistenciais certificados no CHMT, EPE, torna esta Instituição hospitalar numa das principais do Serviço Nacional de Saúde com maior número de Serviços Assistenciais certificados”, pode ler-se na mesma nota.

“Com uma equipa de 65 auditores internos, o Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE encontra-se no grupo dos hospitais do SNS, com maior número de Serviços Certificados e que têm mantido essas certificações, após as revisões anuais dos respetivos processos de Certificação”, conclui.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here