Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Outubro 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Médio Tejo | Há “festa na aldeia”, saiba onde!

Agosto sem festas populares não é agosto e a região do Médio Tejo enche-se de palcos entre sexta-feira e segunda-feira por onde passam artistas para todos os gostos. A música marca o ritmo de muitos recantos da região, em alguns casos desde as primeiras horas da manhã até às últimas da noite, e não só nos concertos pois é presença assídua noutros momentos dos cartazes. Em suma, há festa na aldeia e nós ajudamos a descobrir onde.

- Publicidade -

Se andar pelo concelho de Abrantes esta sexta-feira, dia 3, pode passar pelo Festival Rural de Nossa Senhora do Tojo (Souto) ou pelas Festas do Pego. O primeiro é organizado pela AJAF – Associação Juventude Acção no Futuro e conta com as atuações das bandas Réplika na sexta-feira, Prestige no sábado e À-PART no domingo, às quais se junta a música da “tenda disco” para quem aguenta o ritmo até tarde.

As propostas da Associação Juvenil Recreativa e Cultural do Pego são outras e também começam na sexta-feira com as bandas Semáforo, às 22h00, e Vox Populi, às 23h00, seguidas pelo Rancho Folclorico da Casa do Povo do Pego à meia-noite e Dj Di Rosato, às 03h00. No sábado, a Sociedade Filarmónica Riomoinhense participa na “saudação à população” às 10h30, Carlos Catarino atua a partir das 22h00, seguido do e o Di Rosato e à meia-noite é a vez da banda GM Tributo aos Xutos. Para domingo, estão reservados os concertos de David Alves, às 22h00, e dos Sangre Ibérico, à meia-noite.

- Publicidade -

Os festejos do Pego continuam a 11 e 12 de agosto, mas até lá há muita animação musical no concelho de Alcanena com as Festas de Louriceira e Moitas Venda, ambas em honra de Nossa Senhora da Conceição, e Vale Alto, em honra de Nossa Senhora da Guia. Nestas três localidades começa-se a festejar no dia 3 e só se termina no dia 6, segunda-feira.

A Banda À-Part atua no concelho de Abrantes. Foto: Banda À-Part

O primeiro concerto na Louriceira é o da banda Noia, às 22h00 de dia 3, seguida por AC Deejay, às 02h00. No sábado, a Bandinha Mirense acompanha o peditório a partir das 08h30, a banda SKB anima o baile a partir das 22h00 e Kaya e Nuno Fernandez passam pelo Bar Jovem pelas 02h00. No domingo chega a vez do Rancho Folclórico do Arneiro das Milhariças, às 17h30, Klimax Music com atuação especial de Ana Duarte, às 22h00, e Project Kings of Mix à 01h30. Cabe a Bruno Ricardo fechar o cartaz musical a partir das 21h00 de segunda-feira.

Em Moitas Venda, os primeiros acordes musicais são os do RH+ e da Banda 69 Graus, às 22h00 e à 01h30 de sexta-feira, respetivamente, e no sábado, o palco pertence aos Enigma e à banda Sérgio e os Animais, nos mesmos horários do dia anterior. O domingo começa com o peditório acompanhado pela Banda Filarmónica do Pedrógão, às 08h00, e termina com a atuação do grupo FH5, às 23h00, que deixam o palco livre para a atuação do grupo Fora de Série, marcada para as 22h00 de segunda-feira.

O programa musical em Vale Alto inclui concertos e animação musical, às 21h00 e 23h00, com Objecto Tradição e Pimenta Preta, no dia 3, e Ved’Noize e Ar de Pop, no dia 4. Nestas datas, dança-se até mais tarde nos afterhours com Project Kings of Mix e DJ Miranda, respetivamente. No domingo, a Bandinha Mirense acompanha os peditórios em Covão do Coelho, às 08h00, e Vale Alto, às 10h00, e atua a partir das 19h00, seguindo-se o baile com a banda SKB, a partir das 22h00. Na segunda-feira, os Camisas Negras sobem ao palco a partir das 19h00 e a banda Klimax Music pelas 22h00.

A Orquestra Típica de Ourém atua na terra natal. Foto: Orquestra Típica de Ourém

Os oragos de cada localidade motivam a maioria dos festejos nesta altura do ano e os concelhos de Ferreira do Zêzere e Ourém não são exceção. No primeiro festeja-se até domingo em honra de Santo António, em Igreja Nova do Sobral, com momentos musicais às 22h00 de sexta-feira e sábado às 21h00 de domingo. No dia 3 sobe ao palco a banda Cosmos Music, no dia 4 o grupo Kino & Amigos e no dia 5 os Evolution.

No segundo concelho a animação da Praça da República, freguesia de Nossa Senhora da Piedade, prolonga-se até segunda-feira e tem início às 21h30 de sexta-feira com um recital de canto e piano que junta a a voz de Sara Pedro e a música de Nádia Roseiro na Igreja Matriz. As propostas de sábado são as atuações da banda Podia Ser Pior, às 21h00, dos Romeiros, às 22h00, e de Beatriz Cardoso e Pedro Cruz, às 23h00.

A segunda metade do cartaz musical tem o primeiro momento às 16h00 de domingo, altura em que o Chorus Auris marca presença na missa solene a Orquestra de Sopros de Ourém acompanha a procissão. Neste dia, o palco só fica vazio depois das atuações do Rancho Folclórico Lírios do Nabão (S. Jorge, Freixianda), às 18h30, de Lélita, às 21h00, da Orquestra Típica de Ourém, às 22h00 e de Gonçalo Francisco, às 23h00. No domingo, é ocupado a partir das 21h30 pela banda Triunfo.

A Banda K’Preta atua nos concelhos de Sardoal e Tomar. Foto: Banda K’Preta

As festas populares também andam pelo Sardoal e Tomar. A animação no primeiro concelho já começou em Cabeça das Mós no fim-de-semana passado e termina este domingo depois das atuações musicais do grupo Brysas, às 23h00 de dia 3, da Banda K’Preta e Lizard Crew, às 23h00 de dia 4, e do grupo Lizard Crew, às 20h00 de dia 5.

Em Tomar, os festejos de Vale Venteiro começam no sábado e terminam na segunda-feira. O fim-de-semana tem o ritmo da música de Luís Filipe Gaspar e da banda T, às 21h00 e 23h00 de sábado, e do Rancho Folclórico e Etnográfico de Alviobeira, do grupo Pé na Música e da Banda K’Preta, às 18h30, 20h30 e 22h00 de domingo. As últimas propostas musicais são o grupo de musica popular portuguesa de Cernache do Bonjardim e a banda Brysas, às 19h30 e 22h00 de dia 6.

No concelho de Torres Novas pode optar pela Festa de Verão, organizada pela Casa do Povo da Olaia, e as festas de Assentis em honra de Santo António. Na primeira localidade dança-se ao som da música de Sónia Mota, às 20h30 nos dias 3 e 4, assim como da Banda T e do grupo Réplika, às 23h00 nas mesmas datas. No domingo chega a vez do grupo Brysas, a partir das 21h00.

A Banda Réplika atua nos concelhos de Abrantes e Torres Novas. Foto: Banda Réplika

Em Assentis, a música dos festejos do Centro Recreativo e Cultural de Santo António começa no sábado com a atuação do organista Sérgio Jorge e do grupo The Peorth, às 21h30. No domingo, o grupo de gaiteiros “Os Dragões” acompanham o peditório a partir das 09h00 e a banda Réplika atua às 22h00. As despedidas fazem-se já com a semana a começar e na segunda-feira há animação com a organista Sívia Alcobia pelas 22h00.

A cerveja é o mote oficial de duas festas que também decorrem na região nos próximos dias. O concelho de Tomar começou a festejar no fim-de-semana passado junto ao Estádio Municipal com a 31ª edição da Festa da Cerveja organizada pelo Clube União de Tomar. A abertura do recinto está marcada sempre para as 17h00 e o espaço é animado no dia 3 pela banda Zéfh, no dia 4 por Classic’s Band e Fun2Rock e no dia 5 por Márcio Cabral.

As “loiras” também motivam a XVI Festa da Cerveja em Ribeira do Fárrio, no concelho de Ourém, organizada pelo organizada pelo GRUDER – Grupo Desportivo da Ribeira do Fárrio. No entanto, muitas morenas (e não só) certamente marcarão presença na sexta-feira durante os concertos de André Cardoso, pelas 22h00, e do grupo The Peorth, a partir da meia-noite e meia.

Confirma-se, há mesmo “festa na aldeia”, na vila e na cidade a partir do final desta semana. Caso tenha conhecimento de iniciativas semelhantes na região, agradecemos o envio da informação para o email cultura@mediotejo.net. Querermos ajudar a “fazer a festa” no Médio Tejo. Divirta-se!

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome