Médio Tejo | Eleitos propõem mais sessões de assembleia intermunicipal (c/fotos)

Vários eleitos na Assembleia da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo fizeram uma intervenção na 1.ª sessão ordinária que decorreu na noite de quarta-feira, 13 de dezembro, na sede da CIMT em Tomar, para sugerirem a realização de um maior número de reuniões deste órgão supramunicipal, que não as habituais duas semestrais.

PUB

Eleitos sugerem que se façam sessões extraordinárias sobre temas pertinentes da região Foto: mediotejo.net

O primeiro a intervir nesse sentido foi o eleito João Tenreiro (PSD/Tomar), considerando que há temáticas que merecem uma reunião extraordinária deste órgão supramunicipal.

PUB

“Precisamos de aproveitar a nossa força para debater problemáticas como os incêndios, a poluição no Tejo ou o desemprego, algo que nos deve preocupar a todos”, disse.

Hugo Costa (PS/Tomar) também  concorda com a proposta de se fazerem mais reuniões sobre temas pertinentes para a região.

Rui Ferreira (CDU/Constância) fez uma intervenção nesse sentido. “Saliento a dificuldade de todos em fiscalizar, acompanhar e discutir as opções estratégicas com a realização de apenas  duas reuniões”, realçou.

Igual sugestão foi feita por Silvestre Pereira (PS/Alcanena) que defende que se os temas que constam no Plano e Orçamento forem mais discutidos ganham outro peso e descentralidade.

Composição da mesa da Assembleia Intermunicipal do Médio Tejo: João Simões, Trincão Marques e Ana Vieira Foto: mediotejo.net

A sessão, onde se procedeu ao ato de instalação deste órgão com a tomada de posse de todos os 36 eleitos de 13 concelhos, contemplou ainda a eleição da mesa da Assembleia Intermunicipal e do Secretariado executivo Intermunicipal.

Deste modo, para a mesa – apresentada por Hugo Costa –  surgiu uma única lista constituída por Trincão Marques (Torres Novas), João Henriques Simões (Tomar) e Ana Viera (Ourém). A mesa acabou por ser eleita por maioria com 31 votos a favor e cinco votos brancos.

 

PUB
PUB
Elsa Ribeiro Gonçalves
Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).