Sábado, Fevereiro 27, 2021
- Publicidade -

Médio Tejo | Autarcas pedem audiência ao Governo para tratar da nova ponte sobre o Tejo

A Presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo enviou uma carta ao Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, a solicitar uma reunião sobre a necessidade de uma nova travessia sobre o rio Tejo “dada a importância desta matéria e tendo em conta os constrangimentos que temos sentido na nossa região”.

- Publicidade -

Na missiva, enviada a 12 de junho e a que o mediotejo.net teve acesso, Maria do Céu Albuquerque considera “que uma nova travessia sobre o rio Tejo seria fulcral e determinante para a coesão territorial desta região – Médio Tejo”.

A autarca que lidera um conjunto de 13 Municípios lembra que “atualmente as pontes de Constância e da Chamusca apresentam “grandes limitações” no que diz respeito ao intenso tráfego que se faz sentir na travessia das mesmas”.

- Publicidade -

Acrescenta que “o recente investimento na reabilitação da ponte de Abrantes continua a não resolver o tráfego intenso que se faz sentir, quer em viaturas ligeiras, quer em viaturas pesadas, e que se situam junto de importantes empresas e de relativa dimensão”, como é o caso da fábrica de papel CAIMA, em Constância Sul, a Mitsubishi Fuso, em Tramagal, ou até mesmo o Eco-Parque do Relvão, na Chamusca.

Com base nestes argumentos, a presidente da Comunidade Intermunicipal solicitou a audiência ao Ministro Pedro Marques “para abordamos a possibilidade de intenção de uma nova ponte sobre o rio Tejo no território do Médio Tejo”.

Este pedido de audiência foi revelado pelo Presidente da Câmara de Constância na sessão da Assembleia Municipal do dia 22, e surge na sequência de uma concertação de posições entre os três autarcas do Médio Tejo representantes dos municípios mais afetados pelo problema: Maria do Céu Albuquerque (Abrantes), Sérgio Oliveira (Constância) e Fernando Freire (VN Barquinha).

Os três eleitos, todos do PS, combinaram que, nesta fase, não iriam alimentar a polémica da localização da futura ponte, abstendo-se de “puxar a brasa à sua sardinha”. Após a audiência com o Ministro tencionam tomar uma posição pública sobre o assunto.

A carta enviada pela CIMT ao Governo (Foto: DR)

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

  1. A ponte está prevista no Plano Rodoviário Nacional, quando fizerem a ligação do IC3, agora A13, desde Almeirim até à Atalaia – V.N. Barquinha. Mas isso só acontecerá quando houver um acidente grave, com um camião carregado de toneladas de matérias perigosas, a caminho do CIRVER no Parque do Relvão, dentro de Almeirim, de Alpiarça, de Vale de Cavalos ou da Chamusca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).