Médio Tejo: Abrantes assinala terça-feira Dia Mundial Contra Abuso de Drogas

O Centro de Resposta Integradas (CRI) do Ribatejo vai realizar na terça-feira, dia 28 de Junho, entre as 14:30 e as 17:30, um “Dia Aberto à Comunidade” na Equipa de Tratamento de Abrantes, iniciativa integrada nas Comemorações do “Dia Mundial Contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas”, que este domingo se assinala, e integrado nos objetivos do Plano Local de Saúde do ACES do Médio Tejo.

PUB

PUB

Na terça-feira, a equipa de Abrantes do CRI pretende dar a conhecer as suas instalações, bem como a equipa de profissionais e o trabalho realizado nas diferentes áreas de intervenção.

“Um dia diferente onde, entre partilha de experiências e uma chávena de chá, se conversa sobre dependências”, destacou Isabel Batista, a Coordenadora Técnica do CRI Ribatejo, em nota de imprensa.

PUB

À CRI Ribatejo compete executar os programas de intervenção local, no que respeita à prevenção dos comportamentos aditivos e dependências, bem como à prestação de cuidados integrados e globais a indivíduos com comportamentos aditivos e dependências de substâncias psicoativas lícitas ou ilícitas, segundo as modalidades terapêuticas mais adequadas a cada situação, em regime de ambulatório, com vista ao tratamento, redução de riscos, minimização de danos e reinserção, bem como à sua referenciação, sendo uma Unidade de Intervenção Local da DICAD – Divisão de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, do Ministério da Saúde

Enquanto Unidade Local de Saúde o CRI Ribatejo dispõe da Equipa de Tratamento de Santarém e da Equipa de Tratamento de Abrantes que asseguram uma resposta especializada a todo o distrito relativamente à problemática das dependências, nomeadamente toxicodependência, alcoolismo, tabagismo e dependências sem substância.

PUB

Para além das estruturas de Tratamento existentes, a quais garantem a toda a população, que o deseje, o acesso em tempo útil a respostas terapêuticas integradas, o CRI Ribatejo intervém igualmente:

-Na área da PREVENÇÃO, com o objetivo de diminuir o risco de desenvolvimento de comportamentos aditivos com ou sem substância, bem como prevenir a passagem do uso ao uso nocivo ou do abuso à dependência;

– Na área da REINSERÇÃO, no sentido de ativar ou reativar e mobilizar a rede social do utente, por forma a facilitar o desenvolvimento de projetos de vida responsáveis e autonomizantes,

-e na área da REDUCAÇÃO DE RISCOS E MINIMIZAÇÃO DE DANOS, decorrentes do uso de substâncias psicoativas ou de outros comportamentos aditivos.

A Equipa de Tratamento de Abrantes, situada na Rua da Barca, n.º 95 em Abrantes, desenvolve o seu trabalho desde 1999, tendo uma área de abrangência que compreende os concelhos de Abrantes, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha, onde uma equipa de médicos, psicólogos, assistentes sociais e enfermeiros desenvolve intervenções terapêuticas em regime de ambulatório.

Este serviço disponibiliza ainda duas Consultas de Jovens e Adolescentes, gratuitas e dirigidas a uma população com idades compreendias entre os 12 e os 24 anos, a decorrer no Centro de Saúde de Abrantes e na USF de Santa Maria dos Olivais em Tomar.

Segundo Isabel batista, “durante estes 16 anos de prestação de cuidados especializados à comunidade, o serviço foi crescendo e foi sendo capaz de adequar as respostas às exigências induzidas pelas constantes alterações que se foram registando ao nível do fenómeno das dependências”.

“Os reconhecidos resultados que se registam nas múltiplas áreas de intervenção, são fruto, não só, do empenho e disponibilidade de toda a Equipa, mas também do importante apoio e constante colaboração dos múltiplos parceiros locais, a quem hoje dirigimos um bem-haja por caminharem ao nosso lado”,  concluiu a Coordenadora Técnica do CRI Ribatejo.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here