Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Segunda-feira, Outubro 18, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Mau tempo | Proteção Civil mantém alerta amarelo até às 24:00

A Proteção Civil decidiu manter o alerta amarelo em Portugal continental até às 24:00 de hoje, por haver estruturas que podem cair e “muito trabalho para limpar” o que ficou danificado com a passagem da tempestade Leslie.

- Publicidade -

Apesar da decisão de manter ativo o segundo alerta mais grave, os dados meteorológicos fazem antever que a situação irá melhorar progressivamente, disse o comandante nacional da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Duarte da Costa, numa conferência de imprensa na sede da autoridade, em Carnaxide, Lisboa.

Duarte da Costa explicou que ainda se espera para hoje “vento intenso e períodos de chuva” e que há árvores e infraestruturas que sofreram danos durante o temporal que poderão ainda cair.

- Publicidade -

A passagem do Leslie por Portugal, no sábado e hoje, provocou 28 feridos ligeiros e 61 desalojados.

A ANPC mobilizou 8.217 operacionais, que tiverem de responder a 2.495 ocorrência, sobretudo queda de árvores e de estruturas e deslizamento de terras.

O distrito mais afetado pelo Leslie foi o de Coimbra, onde a tempestade, com um “percurso muito errático”, se fez sentir com maior intensidade, disse o comandante da ANPC.

Mais de 100 mil pessoas sem eletricidade – EDP

Mais de 100 mil pessoas continuam sem eletricidade, o litoral de Coimbra e a zona do Louriçal, em Pombal, são as zonas mais afetadas por cortes de energia, após a passagem da tempestade tropical Leslie, informou a EDP distribuição.

“Mais de 100 mil consumidores permanecem sem energia, depois de terem chegado aos 300 mil. Nesta altura, em relação aos danos que tivemos esta foi a situação mais critica na nossa história e que nos provoca mais incertezas quanto à estimativa de quando tudo estará solucionado”, afirmou o presidente do Conselho de Administração da EDP Distribuição, João Torres.

A EDP qualifica a situação como “estado perturbado”, o segundo mais grave de uma escala de quatro.

Em declarações aos jornalistas, em Lisboa, João Torres, explicou que, neste momento (ao início da tarde), existem “500 operacionais no terreno, e um helicóptero” para se apurar os prejuízos e danos causados pela passagem da tempestade tropical Leslie durante a noite e madrugada de hoje.

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome