Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Julho 31, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Marisa Costa, do COA, vence prova do campeonato ibérico de Orientação em BTT

A jovem atleta Marisa Costa, 14 anos, atleta do Clube Orientação e Aventura (COA) de Abrantes, conquistou no sábado o 1° lugar na geral do campeonato ibérico masculino no escalão jovem (até aos 17 anos) de Orientação em BTT que se disputou em Torres Vedras.

- Publicidade -

As provas de orientação são disputadas em bicicleta, através de um mapa que conduz os atletas por um determinado percurso, vencendo o que chega primeiro à meta, tendo Marisa Costa ficado à frente no escalão feminino, e só sendo batida na geral por dois atletas masculinos, tendo alcançado o tempo de 42’ e 12’’.

“É uma sensação extraordinária por ver os meus treinos refletidos nestas provas e nestas conquistas”, disse a jovem atleta ao mediotejo.net, tendo acrescentado ser “muito persistente” nas provas em que participa. A etapa de sábado, para o escalão feminino, só era pontuável para o ranking nacional.

- Publicidade -

“Nunca baixo a cabeça perante as minhas dificuldades dou sempre o máximo até alcançar os objetivos a que me proponho”, destacou ainda Marisa Costa, que ostenta no seu palmarés, apesar da sua juventude, o título de campeã nacional do ibérico regional, o de campeã ibérica, por duas vezes, e ainda o de campeã nacional por 3 vezes.

“São provas que agregam um misto de orientação, destreza, velocidade e alguma coragem em assumir o risco”, frisou, tendo observado que, “às vezes, para se ganhar, é preciso ganhar tempo, e eu ganho esse tempo a arriscar e a tentar não cometer erros”.

Na prova de Torres Vedras, onde Marisa amealhou mais uns pontos para o ranking de Portugal, o qual lidera com grande vantagem, o tempo “não ajudou muito”, referiu, tendo feito notar que a prova de sábado foi “toda ela debaixo de muita chuva” elogiando o traçado que, destacou, “estava bem feito”.

Marisa Soares da costa, 14 anos, vive em Tomar, é estudante e começou a praticar a modalidade “porque achava graça” e porque o seu pai e irmão também são praticantes de Orientação em BTT.

“Comecei em 2011 e hoje represento o COA de Abrantes porque é o clube mais perto de casa (Tomar) e porque o meu pai e o meu irmão já competiam por ele”, disse Marisa ao mediotejo.net em março último, após ter conquistado o título de campeã ibérica no escalão juvenil, em prova disputada em Zaragoza, Espanha.

“Gosto da modalidade porque nos desenvolve a mente e para além da competição fazem-se grandes amizades”, destacou a jovem atleta, que tem como próximos objetivos “manter o primeiro lugar do ranking e preparar bem a próxima prova”, que se realizará em Barcelos no final de junho, para além de querer “revalidar o título de campeã ibérica” da modalidade.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome