- Publicidade -

Domingo, Dezembro 5, 2021
- Publicidade -

Mação | Hoje é dia da tradicional Feira dos Santos

Mação recebe hoje, ao longo de todo o dia, mais uma Feira dos Santos, com a reposição do feriado do dia 1 de novembro.  A Feira dos Santos, uma tradição que este ano completa 217 anos, tem a animá-la a Associação de Concertinas de Proença-a-Nova, das 10h00 às 13h00, e Arruada da Filarmónica União Maçaense, a partir das 14h00.

- Publicidade -

Criada em 1800, a Feira dos Santos é a mais antiga do concelho e uma das mais conhecidas da região, sobretudo pela variedade de produtos que oferece. A Feira afirmou-se de tal forma que, mais de dois séculos depois, continua a ser uma das maiores da região.

O evento conta com espaços distintos e específicos de venda ao longo das ruas: junto ao Jardim Municipal vendem-se os cereais, os frutos secos e os cestos de vimes; no centro histórico, as latoarias, as árvores de frutos, as flores, os queijos, os oleados, os panos para a apanha da azeitona e outros utensílios para fins agrícolas.

- Publicidade -

Na parte mais nova da vila, no denominado Largo da Feira, tem lugar o mercado como já é conhecido. No Largo dos Bombeiros Voluntários de Mação encontra-se equipamento diverso, desde utensílios agrícolas a tratores e outros acessórios.

Destaque para a recriação de um mercado à moda antiga, numa tenda montada para o
efeito, junto ao Largo dos Combatentes, onde Associações, Instituições de Solidariedade Social e Escolas apresentam bancas recheadas de produtos caseiros, artesanais e agrícolas, fazendo a ponte entre os vários pontos da Vila por onde se estende a Feira. Neste espaço há muita procura dos tradicionais Bolos dos Santos, broinhas, pão caseiro, legumes, ervas aromáticas e muito mais. No antigo Quartel dos Bombeiros terá lugar, ainda, uma Feira de Artesanato.

Jornalista profissional há mais de 30 anos, passou por vários jornais diários nacionais, nomeadamente pelo 'Diário de Lisboa', 'Diário de Notícias' e 'A Capital'. Apaixonada pela profissão desde a adolescência, abraçou o jornalismo nas suas diversas áreas, desde o Desporto às Artes e Espetáculos, passando pela Política e pelos temas Internacionais. O jornalismo de proximidade surge agora no seu percurso.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome