Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Outubro 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Mação | SFUM organiza Encontro de Bandas Filarmónicas

A Sociedade Filarmónica União Maçaense organiza no sábado, dia 25 de agosto, a XVIII edição do seu Encontro de Bandas Filarmónicas. Este ano são convidadas a Filarmónica Pedroguense (Pedrógão Grande) e a Banda Filarmónica da Sociedade Filarmónica União e Progresso Madalense (Vila da Madalena, Ilha do Pico, Açores). As bandas vão desfilar pelas ruas da vila antes do concerto, que acontecerá no Largo dos Combatentes a partir das 17h00.

- Publicidade -

A Banda Filarmónica SFUP Madalense, dos Açores, vem a Mação na sequência de um projeto de intercâmbio musical, explica a SFUM em nota de imprensa, indicando que a filarmónica açoriana irá permanecer no concelho de 23 a 29 de agosto, “participando em conjunto com a SFUM em várias atividades culturais, recreativas e musicais, nomeadamente nas praias fluviais de Cardigos, Carvoeiro e Ortiga, participando numa visita ao Museu de Mação e também na animação das festas do Pereiro, Capital das Ruas Enfeitadas.

A SFUM dá ainda conta da realização de uma campanha de angariação de fundos, a decorrer entre julho e setembro, que visa juntar donativos para a compra de instrumentos musicais, sendo que os contributos poderão ser deixados em caixas de donativo espalhadas por vários estabelecimentos comerciais.

- Publicidade -

No mesmo comunicado a direção da SFUM refere que “a esmagadora maioria do nosso orçamento é gasta em aquisição, reparação de dispendiosos instrumentos musicais e na formação musical/escola de música”, apelando a que, ao fazer as suas compras no concelho de Mação, “Arredonde para a Filarmónica”.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome