Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quarta-feira, Dezembro 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Mação | Raul Loureiro (Macena) morreu aos 48 anos, vítima de cancro

Raul Loureiro morreu esta quinta-feira, aos 48 anos, vítima de cancro. Muito querido na comunidade de Abrantes, Sardoal e Mação, nomeadamente na desportiva, e em todos os locais por onde passava, Raul Macena jogou e treinou diversos clubes de futebol da região, entre eles Alcaravela, Envendos e Mouriscas, onde cultivou muitas amizades.

- Publicidade -

Natural de Mouriscas (Abrantes), clube que iria treinar esta época e que o homenageou a 19 de setembro num jogo amigável com o Alcaravela, Raul Loureiro residia em Queixoperra (Mação), era assistente técnico na Câmara de Mação, casado e deixa duas filhas. 

As cerimónias religiosas de Raul Loureiro decorrem esta sexta feira, às 17 horas, na igreja da Queixoperra, seguindo depois para o cemitério de Penhascoso.

- Publicidade -

O jornal mediotejo.net endereça as mais sentidas condolências à sua família.

Raul Loureiro morreu vítima de cancro aos 48 anos de idade. Foto: DR

Todos os jogos referentes à segunda jornada da Fundação INATEL Santarém deverão ser antecedidos de um minuto de silêncio em memória do agente desportivo Raul Loureiro, informou a Fundação. Não obstante, estão também autorizados os adereços de luto “habituais”, na indumentária desportiva, que não influam na segurança dos intervenientes.

​Em comunicado, a Fundação INATEL endereço as mais sentidas condolências à família do agente desportivo Raul Loureiro, bem com aos seus amigos e CCD´s que representou durante muitos anos na Liga Fundação INATEL.

As mensagens de pesar nas redes sociais vão-se multiplicando nesta hora de dor:

Grupo Desportivo de Alcaravela:

Capitão. Amigo. Um dos nossos. Obrigado por tudo Raúl Loureiro! 🕊 O GD Alcaravela vem por este meio dar os nossos pêsames a toda a Família e Amigos do Raúl.

Casa do Povo de Pego – Secção Desportiva:

A Casa do Povo de Pego endereça as mais sentidas condolências a toda a família e amigos de Raul Loureiro. Deixará seguramente boas lembranças a todos aqueles que se cruzaram no seu caminho 🖤🖤

GDR Os Lagartos:
 
Hoje é um dia triste para o futebol da nossa região perdeu-se um grande homem. O GDR Os Lagartos querem endereçar os seus sentidos pêsames à Família do Raúl Loureiro.
 
Grupo Desportivo e Recreativo do Carvoeiro:
 
Hoje todos tivemos uma derrota… Mas tu levas contigo a vitória, pelo que nos deixaste. O mundo fica mais pobre, descansa em paz 🖤

Senti_Amarilla:

O CPCD SENTIEIRAS, endereça os sentidos pêsames à família e amigos do Raúl. Muita força e coragem a todos!

O jogo continua lá em cima…cada vez com mais ⭐

Os Lobos de Carvalhal:

Hoje é um dia triste para o futebol da nossa região. Os Lobos de Carvalhal querem endereçar os seus sentidos pêsames à Família do Raúl Loureiro.

CSCD Envendos:

O CSCD Envendos está de luto por ver este grande amigo partir, podiam ser muitas as fotos a publicar, mas esta foi quando tudo começou. Aceitou treinar os Envendos, foram muitas noites de sexta feira e tardes de domingo que deixou a família em prol deste clube. São poucas as palavras para descrever o que fez por nós nos últimos anos, um homem trabalhador, competente, mas acima de tudo um grande amigo com todos os que tiveram prazer de trabalhar com ele. Vai fazer muita falta especialmente a estas aldeias que lutam por manter o futebol no activo. Não vais ser esquecido Raul, pelo contrário, vais ser o motivo para continuarmos a lutar por esta família, esta alegria que é o futebol na nossa terra. Hoje vamos todos acompanhar-te a tua última viagem com o nosso polo preto vestido como andamos todos durante anos. Até um dia Raul, descansa em paz.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome