Mação | Primeiros 80 km de rotas pedestres prontos a serem percorridos

A Rota de Queixoperra é um dos percursos homologados. O Poço das Talhas é um dos ex-libris deste PR. Foto: Rotas de Mação

O concelho de Mação já ganhou oficialmente o reconhecimento dos seus primeiros cinco percursos pedestres (Pequena Rota) pela Federação de Campismo e Montanhismo. Foram homologados os primeiros percursos pedestres, estando disponíveis e permitindo calcorrear e fruir com condições de segurança a Rota do Cabeço da Cruz, a Rota do Brejo e Bando dos Santos, a Rota do Carvoeiro, a Rota de Ortiga Sul e a da Queixoperra. Recorde-se que o projeto Rotas de Mação ganhou balanço em 2018 com um grupo de dezenas de voluntários, tendo contado ainda com apoio da autarquia de Mação, juntas de freguesia, associações e forças de segurança. O projeto deverá tornar-se associação autónoma ainda este ano, estando marcada a tomada de posse dos órgãos sociais para este sábado, dia 3 de outubro.

PUB

Em nota enviada à imprensa, o mentor e porta-voz do projeto, o ortiguense Leonel Mourato, diz ser “uma alegria enorme anunciar estas homologações”. O pedestrianista e praticante de geocaching refere tratar-se de cinco rotas que se estendem ao longo de “quase 80 quilómetros no total, prontos a serem percorridos”.

“Esperamos que quem venha goste e desfrute do contacto pleno com a natureza. Mação vale muito a pena”, afirma Leonel.

PUB

Na mesma informação, é explicado que “as cartas de homologação emitidas pela FCMP são certificados de qualidade cuja atribuição obedece a exigências relativas ao traçado, marcação e manutenção dos percursos pedestres, nomeadamente no que diz respeito à segurança dos praticantes e à preservação do ambiente”.

Foto: Leonel Mourato

Por outro lado, recordam os membros do projeto que os percursos têm inerente um sistema de segurança e socorro “pioneiro a nível nacional”. O grupo de trabalho sublinha que a segurança tem sido “um dos principais focos de atenção” ao longo do desenrolar do projeto.

PUB

As Rotas de Mação contam ainda com o recém-lançado portal online, onde é possível consultar toda a informação turística, histórica, cultural e patrimonial do território que atravessa cada percurso.

A expectativa é alta, crendo os responsáveis pelo projeto que “os percursos pedestres deste concelho ganham a partir de agora maior visibilidade a nível nacional e internacional e as expectativas apontam para uma cada vez maior adesão”.

Tal deve-se à constatação em torno do “aumento significativo do pedestrianismo em Portugal”, considerando as Rotas de Mação que estas razões “dão sinais positivos quanto à aposta de Mação na promoção da prática desta modalidade desportiva e, paralelamente, à divulgação do seu território e do seu património”.

Aspecto da aplicação móvel a ser desenvolvida para o projeto, que serve de complemento e ferramenta para explorar os percursos pedestres e o território onde se inserem. Fonte: Rotas de Mação

Neste sentido, a aposta está agora centrada na divulgação e comunicação sobre o projeto e os percursos, estabelecendo proximidade com a comunidade adepta de pedestrianismo, mas também com o cidadão comum que queira partir à aventura ou goste simplesmente de caminhar no meio da natureza.

Deste modo, surge a aplicação para dispositivos móveis que, asseguram os responsáveis pelo projeto, “deverá ficar disponível muito em breve, com informação sobre todas as rotas do concelho”.

O grupo está a trabalhar com 2022 no horizonte, altura em que pretende ter já homologados 14 novos percursos pedestres (o percurso da Rota do Cabeço da Cruz, na vila de Mação, já existia enquanto rota urbana e foi adaptado). Para já, o foco está em homologar os quatro percursos seguintes.

Os percursos pedestres inicialmente previstos pelo grupo de trabalho, e que pretende unificar o concelho, interligando freguesias, gentes e património. Fonte: Rotas de Mação

O projeto Rotas de Mação está presente nas redes sociais, e também aqui além do site, pode ser acompanhado o trabalho, promoção e atualizações quanto ao que está a decorrer no terreno.

A informação específica sobre cada percurso pedestre homologado pode ser consultada online, ou com recurso à leitura de QR Codes disponíveis nos painéis informativos de cada pequena rota.

O grupo de voluntários que se uniu por amor ao concelho irá até final do ano amadurecer, altura em que nascerá uma associação autónoma das Rotas de Mação. A tomada de posse dos órgãos sociais acontece este sábado, dia 3 de outubro, pelas 17h00 no Centro Cultural Elvino Pereira.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here