Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sexta-feira, Agosto 6, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Mação | Novo espaço presta apoio às vítimas de violência doméstica e de género

A vila de Mação tem um novo espaço que reforça a resposta social no âmbito da violência doméstica e de género. O Município de Mação divulga agora o “Espaço M”, aberto no Edifício do Serviço de Ação Social e que conta com o apoio de uma psicóloga e de uma assistente social.

- Publicidade -

“O objetivo deste espaço é promover a articulação necessária a um eficaz atendimento, apoio, acompanhamento e encaminhamento de vítimas de violência doméstica e de género”, pode ler-se em nota enviada à imprensa.

Refira-se que o “Espaço M” pertence ao projeto intermunicipal Maria – Estratégia Integrada de Intervenção na área da Violência Doméstica e de Género no Médio Tejo –, com a referência POISE-034437-FSE-000119. Foi desenvolvido e implementado um protocolo com vista à existência de uma resposta intermunicipal e integrada para a problemática da violência doméstica e de género na região do Médio Tejo que abrange os 13 municípios.

- Publicidade -

Em junho de 2019 foi assinado entre os 13 municípios e a CIG o Protocolo de Cooperação para a Igualdade e Não Discriminação/Nova Geração que prevê a intervenção em 3 grandes áreas: Promoção da Igualdade entre Mulheres e Homens; Prevenção e Combate de todas as formas de Violência contra as Mulheres e Violência Domestica e Combate à Discriminação em razão da Orientação Sexual, Identidade e Expressão de Género e Caraterísticas Sexuais.

Morada: Serviço de Ação Social – Espaço M
Rua 5 de Outubro n.º 25
6120-752 Mação
Contactos: 241571541/927989019
Email: sas@cm-macao.pt

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome