PUB

Mação | “Natal Solidário” do Agrupamento de Escolas levou mini-cabazes a idosos não institucionalizados

O projeto “Natal Solidário”, dinamizado por formadores e formandos dos cursos profissionais de Restauração e Hotelaria e de Turismo uniram-se em prol de um bem maior para fechar o ano de 2020, tendo entregue a uma centena de idosos não institucionalizados mini-cabazes compostos por confeções suas e devidamente embalados.

PUB

A distribuição contou com apoio do Posto da GNR maçaense, que tendo registo dos idosos mais isolados a quem faz visitas frequentes no âmbito do policiamento de proximidade, levou este mimo a estes seniores maçaenses, ajudando a aquecer a quadra natalícia.

Segundo o diretor do Agrupamento de Escolas, José António Almeida, foi a frase de Antoine de Saint-Exupéry, “A verdadeira solidariedade começa onde não se espera nada em troca”, que inspirou os jovens e seus formadores a ingressar nesta iniciativa solidária.

PUB

O Comandante do Posto da GNR de Mação, Luís Pinheiro, integrou a iniciativa, tendo apoiado na oferta dos mini-cabazes de Natal aos idosos mais isolados do concelho. Foto: DR

“É do conhecimento de todos que a comunidade educativa maçaense preocupa-se e trabalha, todos os dias, para que os seus alunos tenham uma educação/formação de qualidade nas suas mais diversas dimensões. Preocupa-se muito com a dimensão científica, técnica e artística, mas também com as dimensões social, ética e moral, concretizadas em ações educativas, variadas e significativas, como foi o caso deste “Natal Solidário” levado a efeito pelos Cursos Profissionais de Cozinha/Pastelaria e Curso de Turismo”, refere em declarações ao mediotejo.net.

Os alunos prepararam assim cerca de cem mini-cabazes “embalados com muito carinho, uns miminhos de Natal”, que continham “doçaria mais emblemática desta época”.

Foram os alunos dos cursos profissionais de Restauração e Hotelaria e de Turismo que se empenharam na prossecução desta iniciativa solidária, apadrinhada pelos formadores e Agrupamento de Escolas desde a primeira hora. Foto: DR

O arranque do projeto contou com a presença de representantes dos alunos e formadores devidamente acompanhados por elementos da GNR de Mação, integrados no projeto “Policiamento de Proximidade”, por Vasco Estrela, presidente da Câmara Municipal de Mação e José António Almeida, diretor do Agrupamento de Escolas Verde Horizonte.

Com este gesto, os jovens “levaram o cheirinho de Natal aos idosos não institucionalizados do concelho de Mação”, e o diretor do AEVH assegura que “com jovens com tanta generosidade, Mação tem o futuro assegurado”, aproveitando para congratular toda a comunidade educativa e o concelho por se envolverem constantemente neste tipo de iniciativas solidárias em prol da comunidade.

PUB
PUB
Joana Rita Santos
Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).