- Publicidade -

Domingo, Dezembro 5, 2021
- Publicidade -

Mação | Município e Associação de Pais sensibilizaram população para a Diabetes

Assinalando o Dia Mundial da Diabetes, esta quarta-feira, dia 14 de novembro, o Município de Mação sensibilizou a sua população, desde os mais miúdos aos mais graúdos, alertando para as ações que ajudam a prevenir esta doença.

- Publicidade -

- Publicidade -

A autarquia, conforme se pode ler em nota de imprensa, elaborou folhetos informativos para a população sénior e, em parceria com a Associação de Pais de Mação, para os alunos dos jardins-de-infância e escolas EB1 do concelho, onde se podem ler não só alguns alertas e informações sobre a diabetes, mas sobretudo sobre a necessidade de preveni-la por via de uma alimentação saudável e pela prática de atividade física.

A Diabetes é uma doença em que existe excesso de um açúcar – a glucose – no sangue. A insulina é uma hormona produzida pelo pâncreas, responsável por ajudar a glucose a passar do sangue para o interior das células. A diabetes ocorre quando o pâncreas não é capaz de produzir esta hormona em quantidade suficiente e ficamos com excesso de glucose/açúcar no sangue. Para tratar é necessário tomar insulina, recorda a autarquia na mesma informação.

- Publicidade -

Existem dois tipos de diabetes, sendo que a diabetes tipo 1 ocorre com mais frequência em crianças, adolescentes e jovens adultos, tornando-se indispensável o tratamento com insulina. A tipo 2 é também conhecida como a diabetes do adulto e para a tratar é necessária a toma de medicamentos. A dieta e a redução de peso são muito importantes na prevenção e tratamento da diabetes, termina a mesma informação.

Folheto distribuído pela população sénior. Fonte: CM Mação

Folheto distribuído pelos pais e encarregados de educação no sentido de sensibilizar os mais jovens sobre a diabetes. Fonte: CM Mação

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome