Mação | Loja do Cidadão com resultado positivo no 1º ano de atividade, segue-se Espaço em Cardigos

Foto: CMM

O secretário de Estado Adjunto e da Modernização Administrativa, Luís Goes Pinheiro, visitou no dia 28 de dezembro a Loja do Cidadão de Mação, na sequência do primeiro ano de atividade daquele equipamento. Vasco Estrela (PSD), autarca maçaense, destacou os cerca de 18 500 atendimentos na sede de concelho, bem como a aprovação de criação de um Espaço Cidadão em Cardigos, que espera estar em funcionamento dentro de um ano.

PUB

Luís Goes Pinheiro afirmou que a chave do sucesso destes equipamentos se deve “a sinergias essenciais” e “com grande proximidade completam a oferta de serviços públicos junto das populações”. O espaço tem tido tem mais de 1200 atendimentos por mês e a sua evolução tem acontecido conforme o esperado. O secretário de Estado Adjunto enumerou ainda as mais-valias quer de localização, dos serviços que presta e de números muito bons de atendimentos, com mais de 18 500 atendimentos num ano.

“É uma loja bem localizada, uma estrutura com dimensão para os serviços que presta, tem tido procura com mais de 18 500 atendimentos num ano, saio daqui com a certeza de que esta é uma boa aposta e de que vale a pena insistir na política de instalação de lojas do Cidadão” até porque “é uma forma de prestação de serviços públicos que encontra boa recetividade junto das populações”, disse.

PUB
Foto: CMM

O governante reforçou ainda que o sucesso desta política se reflete a nível nacional, havendo já “cerca de 54 lojas em funcionamento, sendo que 17 foram instaladas nos últimos três anos.” Luís Goes Pinheiro frisou ainda os cerca de 537 Espaços Cidadão “que não têm necessariamente de funcionar nas Lojas do Cidadão” e com “média de atendimento, em 2018, superior a 100 mil atendimentos por mês”.

Para o presidente da Câmara Municipal de Mação, Vasco Estrela, na linha do que dissera Luís Goes Pinheiro, “a aposta foi ganha”, tendo sido cumprido o objetivo primordial de “juntar todos os serviços no mesmo espaço”, dando ainda melhores instalações a outros, caso da Autoridade Tributária e a Repartição de Finanças “sendo que onde funcionavam não havia condições para esse efeito”.

PUB

“Os serviços públicos, mesmo nos concelhos como é caso do nosso, onde infelizmente a população tem vindo a diminuir, fazem todo o sentido, porque as pessoas necessitam de se relacionar com o Estado, com os serviços, e nesse sentido é importante a presença em todo o território destes serviços”, explicou o autarca maçaense, notando que é uma mais-valia para o concelho de Mação, nomeadamente para as pessoas que não se possam deslocar, maioritariamente pessoas idosas e com mobilidade reduzida, consigam aceder aos mesmos.

Foto: CMM

No que toca ao número de atendimento, Vasco Estrela assumiu ser “um resultado positivo e que obviamente nos agrada (…) gostamos que tenham resultados positivos para a população e é isso que nos importa”, terminou.

Quanto ao Espaço Cidadão a instalar, num prazo de um ano, em Cardigos, conforme aprovação do Governo, o autarca referiu que “já foi adquirido um edifício no centro de Cardigos” para instalação deste espaço.

“O projeto está pronto e estamos a tentar reunir as condições financeiras para iniciarmos a obra e para podermos instalar condignamente este Espaço Cidadão que irá servir a população no norte do concelho”, concluiu o presidente da Câmara de Mação.

Recorde-se que a Loja do Cidadão de Mação foi oficialmente inaugurada a 8 de janeiro de 2018, com a presença da Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, Graça Fonseca, então como Secretária de Estado Adjunta da Modernização Administrativa, e Anabela Pedroso, Secretária de Estado da Justiça.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here