Mação | IV Festival da Chanfana de Queixoperra com lotação esgotada

O Centro Recreativo e Cultural de Queixoperra prepara-se para realizar mais um Festival da Chanfana, evento gastronómico que já se tornou uma referência no concelho de Mação e região e conta já com lotação esgotada nesta edição. A organização contabiliza 300 marcações no serão de sábado, que contará ainda com noite de fados, pela voz de Francisca Gomes. Pela quarta vez, este festival é organizado pela associação da aldeia e assegurado por voluntários.

Em nota de imprensa, a organização refere o facto de também Queixoperra ter sido este ano cercada pelo fogo, e que toda a zona envolvente da aldeia tenha sido consumida pelas chamas, além do pinhal, muitas hortas e quintais e alguns espaços com construções antigas levou a algum desânimo. Mas a Associação decidiu ainda assim cumprir com as atividades programadas, caso do Festival da Chanfana.
A partir das 22h00, Francisca Gomes ficará encarregue de animar os participantes num serão da mais tradicional música portuguesa: o fado. A jovem fadista, natural de Abrantes, será acompanhada por Nuno Ezequiel (guitarra portuguesa) e Alexandre Silva (viola de fado).
PUB
PUB
Joana Rita Santos
Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).