Mação | Há um ‘Presépio em Movimento’ na aldeia da Serra com 101 motivos para ser visitado (c/fotos e video)

Uma estrutura de 8,5 metros de comprimento e 2 metros de largura alberga todos os anos as 100 peças de um ‘Presépio em Movimento’ feito pelas mãos de José Manuel Pires, natural da aldeia da Serra, no concelho de Mação. Uma verdadeira obra prima que este ano vai contar com um novo espaço criado especialmente para o efeito, com cerca de 40 m2 de área, e que vai abrir ao público este domingo, dia 8 de dezembro, na Associação Recreativa e Cultural da Serra.

PUB

A abertura ao público está marcada para domingo, dia 8 de dezembro, e terminará dia 12 de janeiro 2020. Os horários de visita são, nos dias úteis, entre as 13:00 e as 16:00 e, ao fim-de-semana, das 10:00 às 18:00.

Foto: mediotejo.net

Na quadra natalícia do ano passado, a jornalista Joana Rita Santos visitou o Presépio em Movimento da Serra e entrevistou o seu autor, José Manuel Pires.

PUB

Desde 2011 fez da obra-prima uma representação da sua terra em ponto pequeno, mostrando os seus usos e costumes. Entre a centena de figuras há outro motivo que lhe dá espetacularidade: o movimento. O desafio, que começou há vários anos, é já uma referência na região.

Mas a vontade é voar mais alto, aplicando inovações e alargando o espaço. Pela vontade e engenho do autor, há-de ser coisa feita para durar. E durar.

PUB
Foto: mediotejo.net

Tudo começou com uma visita a Penela, em 2010. Aí, José achou que a sua experiência e apetência para as lides mecânicas e construções seria mais do que suficiente para fazer uma coisa “à maneira”. Começou a experimentar fazer as figurinhas, e eis que a picota e o arado, com o mecanismo já instalado, funcionavam na perfeição.

Então, havendo engenho e arte, faltava o espaço para a instalação do projeto completo, que, sendo uma homenagem à pequena aldeia, só faria sentido se ficasse no núcleo da localidade: na Associação Recreativa e Cultural da Serra. E ficou.

Na impossibilidade de ocupar o palco, ideia inicial, passou para a zona lateral do salão, e dali… não mais saíria.

Havendo já espaço garantido, o projeto foi crescendo, em peças e apetrechos.

José Manuel começou a tentar moldar as peças em arame, mas a certa altura a ideia não o deixou convencido. Muitos ensaios depois, venceu a chapa de 3 milímetros, que dava solidez à figura e, acima de tudo, resultava mecanicamente, dando-lhe o movimento sincronizado esperado.

José, o autor do presépio, e a esposa Adélia, responsável pelos trajes e adereços das figuras. Foto: mediotejo.net

Porém, o jeito de José para a metalomecânica não sobrava para a costura e caracterização, levando a que a sua esposa, Adélia, entrasse também em cena. Adélia, com pouca ou nenhuma experiência, começou a dedicar-se às fatiotas dos bonecos, dando-lhe um toque feminino e preocupando-se com todos os pormenores típicos.

Logo, logo, a vizinha Isabel se juntou à missão, trazendo vontade e dedicação suficientes para que a sua parca experiência em costura não fosse entrave ao resultado final. Em sete meses, certo é, os bonecos já estavam trajados a rigor.

Naquele ano de 2011, José dedicou todo o tempo livre à montagem do Presépio em Movimento. Até as três semanas de férias de agosto deste mesmo ano foram investidas na obra, num trabalho contínuo das nove da manhã às nove da noite.

Orgulhoso pelo trabalho desenvolvido, José Manuel é também muito grato a quem sempre o apoiou neste desafio pessoal. Agradece ao irmão, Paulo, pelo empréstimo de ferramentas e máquinas e pelo apoio e a todos os envolvidos.

A 6 de janeiro de 2011, em seu nome, da esposa Adélia e do filho André, ofereceu o presépio à Associação que acolheu a instalação, pois, ainda que vivendo há 26 anos a 132 km da sua terra amada [vive em Alenquer, que é também conhecida por Vila Presépio] quis deixar algo que orgulhe as suas gentes e que, oxalá, vá levando longe o nome da aldeia.

Porque, para José, Serra só há uma. A Serra de Mação e mais nenhuma.

Ainda não conhece? Ficou curioso? A solução será uma só. Apareça na associação para beber um café, leve a família, e usufrua do espaço recreativo que convida a uma visita. O convite fica feito: até dia 12 de janeiro, das 13h00 às 16h00 de segunda a sexta, e das 10h00 às 18h00 de sábado e domingo, a Serra convida.

Fotogaleria:

Texto e fotos: Joana Santos

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here