- Publicidade -

Quinta-feira, Janeiro 27, 2022
- Publicidade -

Mação | “Grinch” e a magia do Natal na sessão de cinema infantil deste domingo

A próxima sessão de cinema infantil acontece no auditório do Centro Cultural Elvino Pereira já este domingo, dia 27 de dezembro, pelas 15h30. Como não podia deixar de ser, será exibido um filme a condizer com a quadra natalícia. “Grinch” é o título que será exibido na sessão dedicada ao público com mais de 6 anos. As sessões infantis, incluindo para os pais e/ou acompanhantes da criança, são gratuitas.

- Publicidade -

Os bilhetes devem ser levantados até sábado, 26 de dezembro, na Biblioteca Municipal (horário de funcionamento: das 9h30-13h / 14h-17h30), evitando concentrações para a sua aquisição no próprio dia.

Os lugares são limitados, cumprindo as normas estabelecidas e emanadas pelas entidades competentes para este tipo de iniciativas e espaços.

- Publicidade -

No domingo, as portas do auditório abrem às 15h00 para que a entrada seja feita de forma gradual. Não haverá intervalo para não promover ajuntamentos.

- Publicidade -

“Grinch” é um filme de animação que conta a história de uma criatura verde, peluda e de feitio irascível. Nasce da adaptação do conto “Como Grinch Roubou o Natal”, escrito, em 1957, por Dr. Seuss. Grinch odeia o Natal e quer tornar todos os Whos da cidade de Whoville tão infelizes quanto ele, e para isso decide que vai roubar-lhes o Natal e a alegria caraterística dessa festividade. Conta com o seu fiel quatro patas, o cão Max, para levar a cabo um esquema pensado para arruinar a quadra natalícia. A questão é… será que vai ser fácil consegui-lo?

Para mais informações contactar a Biblioteca Municipal, através do telefone 241577248 ou do e-mail: biblioteca@cm-macao.pt

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome