Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quinta-feira, Outubro 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Mação | Francisco Correia é o novo presidente da Associação Magalhães

Francisco Correia é o novo presidente da Associação Magalhães, de Mação. O antigo presidente da Assembleia Geral assumiu a direção e rende no cargo Daniel Jana, que deixa a presidência da Associação Magalhães ao fim de 10 anos. Em entrevista, Francisco Correia fala da importância da instituição na dinâmica associativa concelhia e dá conta do que pretende desenvolver neste mandato.

- Publicidade -

Francisco Manuel Neto Dias Correia, tem 28 anos, é de Mação, e assumiu o cargo de presidente da Associação Magalhães para um mandato de dois anos. Licenciado em Desporto e Atividade Física, é treinador de futebol na AD Mação, gosta de cinema e de música, e revê-se na máxima de Churchilll: “um pessimista vê uma dificuldade em cada oportunidade; um otimista vê uma oportunidade em cada dificuldade.”

Francisco Correia, 28 anos, assumiu a presidência da Associação Magalhães de Mação. Foto: DR

- Publicidade -

mediotejo.net – Qual o cargo que desempenhavas nos Magalhães e o que te levou a concorrer a presidente da direção?

Francisco Correia – Anteriormente as minhas funções na Associação Magalhães de Mação eram apenas reguladoras. Presidente de Mesa da Assembleia Geral. O que nos motivou (falo no plural, pois o projeto não é só meu), foi o amor que todos nós nutrimos pela ideia inicial dos Magalhães. No fundo, os Magalhães são um grupo de amigos com vontade de fazer algo melhor pela sua terra. São jovens que pensam pela sua cabeça e que gostam de inovar sem medo de, eventualmente, poder chocar, tendo em vista, sempre as gerações futuras da nossa terra.

Quais os objetivos e atividades para este primeiro mandato? 

O mandato é de dois anos. Os objetivos iniciais passam por trazer de novo uma envolvência geral… desde os elementos fundadores aos elementos mais novos. A nossa lista nesse sentido é transversal. A ideia passa sempre por aprender com situações menos boas no passado para poder melhorar no futuro. Não iremos apresentar objetivos megalómanos, mas também não iremos cortar tudo e mais alguma coisa. Podemos e iremos apresentar um plano para estes dois próximos anos, que a nosso ver é sustentável e coerente com a realidade da Associação. Posso garantir que a Xmas Party 2018 se irá realizar e que a Semana Académica e da Juventude de Mação 2019 também, dentro da realidade financeira da Associação. São projetos de sucesso e que irão, juntamente com algumas surpresas, que ao longo do mandato iremos apresentar, ser para manter e seguramente para melhorar.

Fundada em 2008, a Associação Magalhães assinalou este ano uma década em atividade. Foto: DR

Mais valias da Associação na sociedade onde se insere, público-alvo, e que atividades desenvolvidas ao longo de 10 anos queres destacar?

A nossa Associação teve sempre em vista os jovens do Concelho de Mação, consequentemente, com o natural crescimento da mesma, acabou por “afetar” os nossos vizinhos de concelho e não só. Começámos sendo um grupo de amigos que se juntou para fazer um jantar e neste momento somos um grupo de amigos, organizado, que já mobiliza perto do milhar de pessoas diárias na SAJM (Semana Académica e da Juventude Mação). Somos um concelho do interior, envelhecido, com as mesmas dificuldades que têm todos os outros concelhos na mesma situação, mas não é por isso que temos qualquer tipo de receio. Aliás, procuramos inovar. Ultrapassar barreiras que inicialmente todos pensam que são intransponíveis. Mas ser Magalhães é mesmo isso, não ter medo, arriscar, ser irreverente e com vontade de se superar. A evolução acaba por ser isto mesmo, sair da zona de conforto e arriscar.

Quantos sócios tem a Associação Magalhães, quem te acompanha na gestão do novo ciclo, mensagem para sócios e população em geral…

Os “Mags”, já ultrapassam os 100 associados.  Deixo apenas uma palavra a todos aqueles que sempre nos apoiaram e acabaram por nos dar força para formarmos uma lista e sermos eleitos no dia 13 de outubro. Os Magalhães, do que depender de nós e enquanto estivermos em funções diretivas, seremos sempre, mas sempre, aquilo fomos criados para ser… Uma família. Não podemos nunca esquecer de onde viemos, pois só assim poderemos ter alguma, poderá ser mínima, mas real noção para onde teremos de caminhar e evoluir. A Associação Magalhães de Mação será sempre um grupo de amigos que se sentou numa mesa para jantar e desfrutar daquele momento, da companhia e amizade de cada um, independentemente da (pouca ou muita) dimensão que a Associação tem agora.

Direção para 2018-2020:

Presidente – Francisco Dias Correia; Vice-Presidente – Filipe Falua Silva; Vice-Presidente – Ruben Neves; Tesoureiro – Alexandre Simões; Secretário – Pedro Afonso; Vogal – Edgar Esteves; Vogal – Nelson Lobato.

Conselho Fiscal – Presidente – Paulo de Oliveira Martins; Vice-Presidente – David Filipe Videira; Secretário – André Moleiro; Vogal – Duarte Godinho; Vogal – Duarte Frade.

Mesa de Assembleia Geral – Presidente – Nuno Serras; Vice-Presidente – Artur Conde; Secretário – Pedro Estrela; Secretário – Gonçalo Fernandes; Vogal – Bruno Rafael.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome