Mação estreia Festival Internacional de Cinema Arte (FICA)

Mação vai estar em festa com a 23ª edição da Feira Mostra do concelho, onde a música, as atividades económicas, desportivas, culturais e gastronómicas assumem especial relevo. A grande novidade deste ano é a realização da Feira Mostra durante cinco dias, de 29 de junho a 3 de julho, no centro da vila.

PUB

Este ano, Mação acolhe também a realização do 1º FICA – Festival Internacional de Cinema Arte – Mação 2016, que irá decorrer entre os dias 30 de junho a 2 de julho no auditório do centro cultural Elvino Pereira e no cine teatro da vila, uma iniciativa da Confraria do Vinho da Chave Dourada em parceria com a Câmara Municipal de Mação.

Segundo a organização, já estão confirmadas um conjunto de sessões e uma exposição de serigrafias e gravuras de arte contemporânea de artistas nacionais e internacionais de renome sendo que, a encerrar todas as sessões, que contam com entrada livre, será servido um vinho da Chave Dourada de Honra.

PUB

O FICA vai contar com a presença de alguns dos realizadores dos filmes apresentados que irão comentar os filmes e debater pontos de vista com o público.

CONTEÚDO DAS SESSÕES

Sessão 1: 30 de Junho – 21:30

– Material de Gustav Deutsch
– Who is the Master Who Makes the Grass Green? de Edgar Pêra
– A Gloria de fazer cinema em Portugal de Manuel Mozos
– Balada de um Batráquio de Leonor Teles
– Clap your hands de Rita Figueiredo
– The Story for the Moddlins de Sérgio Oskman

CONVIDADOS ESPECIAIS: Manuel Rodrigues, Edgar Pêra (falta confirmar),
Manuel Mozos e Rita Figueiredo
Realizadoras organizadoras presentes: Amarante Abramovici e Cláudia Alves

Sessão 2: 1 de Julho 21:30

– An instrument de Gustav Deutsch
– Strokkur de João Salaviza
– Memory and document de Gustav Deutsch
– O Indispensável Treino da Vagueza de Filipa Reis e João Miller Guerra
– Walk Through de Fernando Calhau
– Tempo de Fernando Calhau
– Destruição de Fernando Calhau
– Ateliers Angelo de Regina Guimarães

CONVIDADA ESPECIAL: Regina Guimarães
Realizadoras organizadoras presentes: Amarante Abramovici e Cláudia Alves

Sessão 3: 2 de Julho 16:00

-Down to Earth de Anna Vasof
– Os homens cegos e o elefante de Cláudia Alves
– Conquest de Gustav Deutsch
– Porque é que os tigres têm riscas? De Cláudia Alves
– Let’s talk about gender de Raul Barreras
– Talking Heads de Krzysztof Kieslowski
– Copy Shop de Virgil Widrich

CONVIDADO ESPECIAL: Raúl Barreras
Realizadoras organizadoras presentes: Amarante Abramovici e Cláudia Alves

Sessão 4: 2 de Julho 21:30

– Bello Bello Bello de Pilar Álvarez
– Da Vida das Estátuas de Pedro Mota Tavares
– Gaia de Amarante Abramovici
– Emotions and passion de Gustav Deutsch

CONVIDADO ESPECIAL: Pedro Mota Tavares
Realizadoras organizadoras presentes: Amarante Abramovici e Cláudia Alves

Paralelamente decorrerá uma exposição de serigrafias e gravuras de arte contemporânea de artistas nacionais e internacionais de renome, na sala de entrada do auditório.
Alguns artistas presentes, segundo a organização, são Cruzeiro Seixas, Martins Correia, Abelardo Zaluar, Cristina Sampere, Dacos, Manfred Mohr, Lima de Freitas, Nunik Sauret, Renné Lanoy, Olga Billoir, Vassilikian, Maria Bonomil, Artur Bual, Carlos Calvet, Eurico Gonçalves, José Pádua, Jílio Resende, Lagoa Henriques, Relógio, Mário Cesariny, Jimenez, entre outros.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here