- Publicidade -

Mação | Envendos vai ter Espaço Cidadão instalado na sede da Junta de freguesia

A freguesia de Envendos vai ter instalado um Espaço Cidadão na sede da Junta de freguesia, após aprovação da proposta da Agência para a Modernização Administrativa (AMA) em sede de executivo camarário da CM Mação, na reunião do dia 27 de janeiro. Esta iniciativa partiu da junta de freguesia, que iniciou há cerca de um ano diligências no sentido de apetrechar a freguesia de mais serviços de proximidade à sua comunidade, crendo nas mais-valias dos serviços prestados e valências da administração central serem deslocalizados para aquela freguesia fronteiriça e distante da sede de concelho.

- Publicidade -

Vasco Estrela, presidente da Câmara Municipal de Mação, referiu que a proposta em causa adveio da AMA, tendo sido informado pelo presidente de junta de Envendos esta intenção. Assim, foi deliberada favoravelmente a instalação em sede de executivo camarário, uma vez que considera que este passo representa “uma mais-valia para o concelho e para a freguesia de Envendos”.

“Vai ser necessária alguma intervenção nas instalações, que serão na sede da junta de freguesia, que depois detalharei em próxima reunião no sentido de a Câmara também poder colaborar nesse sentido”, menciona, dando conta do assentimento do município para esta instalação como “condição essencial e decisiva para que se possa proceder”.

- Publicidade -

O autarca reconheceu que a própria Câmara será “no bom sentido, obrigada a disponibilizar serviços para as freguesias onde se situem estes espaços”, aludindo ao caso da freguesia de Cardigos, onde decorre a construção da Casa do Cidadão, que albergará também este Espaço Cidadão com serviços descentralizados da administração central.

O novo equipamento funcionará no edifício da Junta de freguesia de Envendos, e irá albergar um conjunto de serviços que permitirá a realização de diversas operações tais como a renovação do cartão de cidadão ou da carta de condução, mas também facilitando o acesso a outros serviços públicos nos diferentes departamentos do Estado, desde Registos e Notariado, do IMT, da ADSE, etc.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).