- Publicidade -

Mação é o 2º município do país a instituir serviço que assegura toma correta da medicação

Mação assinou a 15 de março o Protocolo de Preparação Individualizada da Medicação, um serviço gratuito com o objetivo de assegurar uma utilização correta, segura e efetiva do medicamento, permitindo que as farmácias aderentes façam a preparação individualizada dos tratamentos de cada utente que tenha já dificuldade em gerir as prescrições médicas e que não tenha apoio institucionalizado. Mação é o segundo município do País a avançar com este projeto, num serviço pioneiro que estará disponível a partir de abril nas farmácias aderentes do concelho.

- Publicidade -

Depois de aprovado em reunião de Câmara em novembro de 2020 a adesão a este serviço, o Protocolo de Preparação Individualizada da medicação foi assinado por Vasco Estrela, presidente da Câmara Municipal de Mação, Paulo Duarte, presidente da Associação Nacional de Farmácias e Maria João Toscano, diretora executiva da Associação Dignitude.

Refira-se que este serviço de preparação individualizada da medicação estará disponível a partir do mês de abril nas farmácias aderentes de Mação, e tem por objetivo auxiliar as pessoas que necessitam de apoio na gestão da sua medicação, sendo um serviço farmacêutico que promove a utilização correta, segura e efetiva da medicação.

- Publicidade -

O serviço tem uma comparticipação máxima pela autarquia de 5€ por semana por cada munícipe que reúna as condições sociais para usufruir deste apoio.

Podem usufruir deste serviço “doentes crónicos ou idosos do concelho, a tomar vários medicamentos de uso continuado, que não tenham qualquer apoio institucional, nomeadamente por parte de IPSS”, sendo que será o médico de família, no Centro de Saúde, a sinalizar os beneficiários e a enviar informação para análise “mediante os critérios estabelecidos e a condição socioeconómica da pessoa para atribuição desta comparticipação”.

“Os medicamentos são organizados pelo farmacêutico num dispositivo, homologado pelo Infarmed, com vários compartimentos, selado e descartado após a sua utilização, permitindo ao utente uma toma correta da sua medicação. A preparação individualizada da medicação pode ser feita semanal ou mensalmente, sendo que a Câmara Municipal comparticipará um custo semanal máximo de 5€ por cada utente”, pode ler-se em informação da autarquia.

A comparticipação do serviço é aplicada diretamente ao utente na farmácia onde usufrui do serviço, não havendo lugar a pagamento por parte do beneficiário.

O Município de Mação é pioneiro ao aderir a este projeto, considerando que “com esta medida estará a dar um apoio fundamental aos seus munícipes ao nível dos cuidados primários, promovendo a sua saúde, qualidade de vida e bem-estar”, termina em nota enviada à imprensa.

Notícia relacionada:

Mação | Serviço gratuito e personalizado vai auxiliar doentes crónicos e idosos na toma correta da medicação

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).