- Publicidade -

Terça-feira, Dezembro 7, 2021
- Publicidade -

Mação | Cineteatro em fase de requalificação com investimento de 700 mil euros

Teve início no dia 1 de outubro a requalificação do Cine-Teatro de Mação. A empreitada tem uma duração prevista de 12 meses e um investimento na ordem dos 700 mil euros. O cineteatro será totalmente modernizado, fazendo regressar o cinema ao concelho e dotando aquele equipamento cultural das mais modernas condições tecnológicas e de conforto.

- Publicidade -

O apoio financeiro no âmbito do PARU prevê-se na ordem dos 50%, e estender-se-á por 12 meses, mantendo a traça do edifício, situado no centro da vila de Mação, e com trabalhos ao nível da modernização dos equipamentos, de som e projeção, do telhado e climatização, mas também com intervenção ao nível das cadeiras, camarins, e palco, entre outros.

A intervenção irá incidir no exterior do imóvel, contemplando a consolidação dos paramentos e a execução de novas divisões, coberturas e caixilharias. Englobará ainda o aumento da plateia e o aumento da volumetria para receber uma caixa de palco adequada, assim como tetos, paredes e pavimentos, bem como trabalhos relacionados com a rede de abastecimento de água, esgotos, segurança contra incêndios, instalação de equipamentos elétricos, climatização e rede estruturada de telecomunicações e informática.

- Publicidade -

O Cineteatro de Mação foi inaugurado nos anos 50 e intervencionado na década de 80, do século passado estando, há alguns anos, sem condições de utilização cómoda e segura. Foto: CMM

O rés-do-chão compreende auditório, foyer com um espaço de apoio aos utilizadores, um balcão de atendimento e sanitários públicos. No primeiro piso, poder-se-ão realizar exposições, pequenos colóquios ou ações de formação.

O grande objetivo desta obra é recuperar as condições de conforto e segurança que permitam o seu uso global nas várias atividades culturais que a autarquia e agentes culturais promovem no concelho e região.

O Cineteatro foi inaugurado nos anos 50 e intervencionado na década de 80, do século passado estando há alguns anos sem condições de utilização cómoda e segura.

O grande objetivo desta obra é recuperar as condições de conforto e segurança que permitam o seu uso global nas várias atividades culturais que a autarquia e agentes culturais promovem no concelho e região. Foto: CMM

O projeto representa um investimento de cerca de 700 mil euros, sendo que se prevê um apoio na ordem dos 283 mil euros no âmbito do PARU – Plano de Ação de Regeneração Urbana.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome